A mandioca no coração da culinária brasileira

Na periferia do Rio de Janeiro, o bairro de Santa Cruz é conhecido por sua raiz de mandioca de alta qualidade.

Manihot esculenta é o nome científico da planta, nativa deAmérica do Sul e cultivada nos trópicos por sua raiz tuberosa amilácea. É facilmente arrancado do solo, as raízes são separadas e o caule é guardado para uso posterior, gerando novas plantas. As raízes frescas podem ser encontradas nos mercados de todas as regiões do Brasil, sendo a parte norte do país o maior consumidor.

NO Rio de Janeiro, Tom Le Mesurier começa seus passeios gastronômicos de um dia em mercados de rua como este.

É parte central da culinária brasileira“, explica Le Mesurier, segurando uma raiz de mandioca.”Aqui no Brasil ela é usada nos mais diversos pratos, salgados e doces, e usamos tanto a raiz inteira quanto o amido, que é extraído da raiz, que é a tapioca.. “

O farinha de tapioca são extraídos por decantação do líquido branco extraído da raiz. Tapioca também é o nome de um lanche que vem ganhando popularidade no Brasil. A farinha de tapioca com amido é colocada em uma panela sem óleo. Ele derrete e solidifica em uma panqueca que é então recheada com uma variedade de ingredientes, doces ou salgados. É o prato preferido dos visitantes estrangeiros. A tapioca também pode ser preparada de forma mais requintada, como no restaurante Carioca Aprazivel.

Aqui, uma equipe de cozinha de qualidade prepara a culinária brasileira com ingredientes como o caranguejo que compõe a tapioca. Sob a direção da chef e proprietária Ana Castilho, a raiz de mandioca é transformada em um dos acompanhamentos mais populares: aipim frito ou aipim frito. Mandioca ou mandioca é o ingrediente principal com um nome diferente, aipim é uma espécie de mandioca mais doce.

READ  COVID-19 | Crematórios submersos na Índia, chega de máscaras para o americano vacinado

A mandioca tem milhões de utilizações, além de ser muito nutritiva“, disse Castilho.

O povo brasileiro o consome abundantemente de norte a sul, de leste a oeste, e é a forma mais clássica de comê-lo, como é feito em botecos e em casa de família, que é a mandioca frita. . É descascado, assado e frito, e é delicioso

Mandioca em caldo

O caldo de tucupi é feito com o líquido extraído da dura variedade da raiz da mandioca da Amazônia. É popular na região Norte, mas pode ser degustado em alguns estabelecimentos cariocas.

É um alimento que pode estar presente em qualquer mesa, em qualquer banquete em qualquer parte do planeta, porque se trata essencialmente de nutrição, aquece, beija e nutre.“, afirma Castilho.

Em sua cozinha de produção, o chef Ecio Cordeiro de Mello prepara um dos pratos preferidos dos brasileiros: bobó de camarão ou bobô de camarão. Enquanto um quilo de raiz de mandioca ferve na panela de pressão, ele mistura os ingredientes para dar sabor a este prato de origem africana. Entre esses ingredientes estão alho picado, coentro, leite de coco e pimentão vermelho. Depois de pronta, a raiz da mandioca é amassada no liquidificador e depois misturada com os ingredientes salgados.

Os camarões frescos são fritos à parte com azeite de oliva e dendê, típico da Bahia, nativo da África. Todos os ingredientes são misturados, o camarão vai para o purê – o camarão bobo está pronto.

Farinha de mandioca

Na feira de São Cristóvão, visitantes do nordeste brasileiro vêm nos finais de semana para se divertir e comer.

Você pode encontrar uma variedade de farinhas de mandioca secas e úmidas lá. Além do tipo de amido que é a tapioca, a farinha seca de mandioca é feita moendo e torrando as raízes após a extração da água. Existem dezenas de tipos diferentes de farinha de mandioca em diferentes partes do Brasil, muitos dos quais são vendidos aqui.

READ  O Coutinho não vai mais voltar ao Brasil!

Teresa Corção é a fundadora do Instituto Maniva, que promove a alimentação sustentável e estuda a mandioca, sua história e usos. Atualmente, ela participa de um esforço colaborativo para a construção de uma coleção de farinha de mandioca, que ficará em uma universidade da capital, Brasília. Pessoas de todo o Brasil estão contribuindo com este projeto.

Corção prepara outra receita básica de mandioca, chamada “Migas“. Sobre a cebola roxa frita picada e um ovo, se despeja farinha de mandioca seca, um dos acompanhamentos mais populares do Brasil. Acompanha carnes vermelhas, churrasco, frango ou sozinho.”

Os portugueses chegaram aqui em 1500 e trouxeram as pessoas e os seus costumes. Seu principal alimento era o pão. Tentaram produzir trigo, mas o Brasil nunca bastava, por causa da umidade e do calor.“, explica Corção.

Os produtos cozidos à base de tapioca e derivados da mandioca estão cada vez mais populares entre as pessoas que seguem uma dieta sem glúten. A padaria Renata Araujo fabrica pão de tapioca congelado e biscoitos que são distribuídos em lojas de produtos naturais locais.

You May Also Like

About the Author: Hannah Sims

"Guru profissional do café. Jogador típico. Defensor do álcool. Fanático por bacon. Organizador."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *