Acusado de violação em Espanha | Nove anos de prisão para Dani Alves

Acusado de violação em Espanha |  Nove anos de prisão para Dani Alves

(Barcelona) – Um tribunal espanhol pediu nove anos de prisão para o futebolista brasileiro Dani Alves, acusado de violar uma jovem numa discoteca de Barcelona, ​​soube quinta-feira do Ministério Público.




De acordo com a acusação vista pela agência France-Presse na quinta-feira, o tribunal exige também que o jogador seja submetido a liberdade durante dez anos sob supervisão judicial, uma vez terminada a pena. Pede ainda à queixosa uma indemnização no valor de 150 mil euros e “impedir (Alvis) de se aproximar” dela durante dez anos.

Alves, ex-jogador do Barcelona e do Paris Saint-Germain em particular, está em prisão preventiva desde janeiro passado, numa prisão perto de Barcelona.

Acusado de “agressão sexual”, categoria criminal que inclui a violação em Espanha, deverá ser julgado neste caso em data ainda a definir.

Uma jovem acusa Dani Alves de a ter violado no final de dezembro passado nas casas de banho de uma discoteca da cidade de Barcelona, ​​localizada no nordeste de Espanha. O homem de 40 anos contesta os factos.

O poder judicial espanhol opôs-se repetidamente à sua libertação enquanto se aguarda o julgamento, em particular devido ao “alto risco de fuga” do jogador no Brasil, que, como muitos outros países, geralmente não extradita os seus cidadãos.

Várias versões

Alves mudou diversas vezes de história, chegando a dizer em vídeo no início de janeiro que nunca conheceu o denunciante. Ele se justificou dizendo que não queria comprometer seu casamento.

A acusação descreve detalhadamente o que aconteceu, segundo o promotor, nos banheiros da área VIP da boate Sutton, em Barcelona, ​​na noite de 30 para 31 de dezembro de 2022.

READ  Pellet "pronto" para sair do tratamento ...

Segundo a acusação, o jogador de futebol demonstrou uma “atitude violenta” para com a jovem, que a forçou a manter relações sexuais, apesar da sua recusa.

O denunciante, que recebeu tratamento médico naquela noite e apresentou queixa em 2 de janeiro, sofre atualmente de “estresse pós-traumático geralmente grave” e está sendo monitorado, segundo o promotor.

Um dos jogadores de futebol de maior sucesso da história, com 43 troféus conquistados, o lateral-direito, que também atuou no Sevilla e na Juventus de Turim, viveu o período mais impressionante de sua carreira no Barcelona, ​​entre 2008 e 2016, onde ganhou 23 troféus.

Poucas horas depois do anúncio da acusação contra ele, em janeiro, o clube mexicano Pumas anunciou que havia rescindido o contrato do jogador, inicialmente previsto para durar até junho de 2023.

No final de dezembro passado, Alves estava de férias em Barcelona após participar da Copa do Mundo do Catar pela seleção brasileira e antes de retornar ao México. No Catar, o zagueiro se tornou o brasileiro mais velho a disputar uma Copa do Mundo.

You May Also Like

About the Author: Winona Wheatly

"Analista. Criador. Fanático por zumbis. Viciado em viagens ávido. Especialista em cultura pop. Fã de álcool."

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *