adolescente é eletrocutada enquanto carrega seu smartphone

Em caso trovoada, é melhor desligar os aparelhos elétricos. Em alguns casos, um raio pode de fato atingir as linhas de energia e causar surtos que podem danificar seriamente os dispositivos (televisão, máquinas de lavar, smartphone). Em alguns casos, raios que passam por linhas de força e eletrodomésticos podem ser perigosos para os habitantes de uma casa ou apartamento.

O smartphone estava carregando

Na manhã do domingo, 29 de agosto, Radja Ferreira de Oliveira telefonou da sua casa, localizada na cidade de Santarém. Naquele dia, uma tempestade atingiu a cidade e vários relâmpagos foram observados. Um deles tocou a casa do adolescente, enquanto seu smartphone estava carregando.

No mesmo instante, Radja Ferreira de Oliveira foi derrubada e desmaiada. Enquanto sua família prestava primeiros socorros, a ajuda foi chamada e a adolescente foi transportado para emergência.

Morreu no hospital

Apesar da intervenção dos serviços de urgência, Radja Ferreira de Oliveira infelizmente não pôde ser salva e foi declarado morto na chegada ao hospital.

De acordo com o Daily Mail, outras pessoas da cidade foram atingidas por um raio em circunstâncias semelhantes. Na semana passada, outro homem que morava no mesmo bairro também foi eletrocutado ao fazer uma ligação.

Na França, uma média de 470.000 quedas de raios no solo são detectadas por ano. Raio atingiria cem franceses anualmente, mas só faria cerca de trinta vítimas.

READ  Silvio Santos chega aos 90 anos com as filhas dirigindo seu negócio

You May Also Like

About the Author: Hannah Sims

"Guru profissional do café. Jogador típico. Defensor do álcool. Fanático por bacon. Organizador."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *