Banco central aumenta a taxa básica de juros em um ponto para 5,25%

Banco central aumenta a taxa básica de juros em um ponto para 5,25%

Na quarta-feira, o banco central do Brasil aumentou em um ponto a taxa básica de juros, o maior aumento desde 2003, para 5,25%, em uma tentativa de conter o surto inflacionário. Em nota, o Comitê de Política Monetária do Banco Central (Copom) propôs outro aumento.do mesmo tamanhoEstava previsto em sua próxima reunião em meados de setembro.

Este é o quarto aumento consecutivo dessa taxa – que atingiu o mínimo histórico de 2% há um ano – para reanimar a economia sobrecarregada pela crise do coronavírus. Principal ferramenta no combate à inflação, foi elevada três vezes em 0,75 ponto, em março, maio e meados de junho.

O Copom decidiu subir na quarta-feira diante de um forte aumento de preços: é a primeira vez desde março de 2003 que eleva em um ponto a taxa básica. A taxa de inflação de um ano saltou de 2,13% em junho de 2020 para 8,35% em junho passado, podendo chegar a 9% em julho, com o final de 2021 previsto em 6,79%, bem acima da meta do banco central de 3,75%, que fixou um limite de 5,25%. A previsão para 2022 também foi revisada para cima, para 3,81%.

Analistas consultados na pesquisa Focus semanal do banco central estimam que a taxa básica de juros seja de 7% no final de 2021. No início do ano, eles não esperavam que ficasse acima de 3%. Alguns especialistas temem que uma taxa de juros mais alta possa atrapalhar a recuperação econômica. De acordo com a pesquisa Focus, o Brasil deve crescer 5,3% neste ano, após uma contração histórica de 4,1% em 2020.

READ  Ford Mustang Electric chief criticizes Tesla's quality problems

You May Also Like

About the Author: Opal Turner

"Totalmente ninja de mídia social. Introvertido. Criador. Fã de TV. Empreendedor premiado. Nerd da web. Leitor certificado."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *