Brasil | Colapso “iminente” de mina de sal no Nordeste

Brasil |  Colapso “iminente” de mina de sal no Nordeste

(Maceió) O colapso “iminente” de uma mina de sal em Maceió, no Nordeste do Brasil, aumenta o risco de uma imensa “tragédia urbana” segundo as autoridades e a população envolvente já foi evacuada.


O prefeito da capital alagoana, João Henrique Caldas, falou nesta sexta-feira na CNN sobre um perigo “iminente” e a “maior tragédia urbana em curso no mundo”.

Segundo os responsáveis ​​da Proteção Civil, as medidas preventivas permitiram proteger os residentes, mas não evitarão o desastre ecológico.

Milhares de famílias foram novamente deslocadas na quarta-feira, num processo de realojamento que começou em 2019 assim que foram estabelecidos os riscos nesta área.

Os bairros ameaçados onde viviam cerca de 55 mil pessoas em mais de 14 mil edifícios residenciais estão vazios.

A maior parte da mina está abaixo do nível do mar e o seu colapso corre o risco de ter efeitos significativos no ambiente.

Para explicar o fenómeno, a Proteção Civil recorreu à imagem de um lavatório do qual o ralo é subitamente retirado: uma enorme quantidade de sal irá de facto fluir repentinamente para a água e perturbar o ecossistema marinho.

Os movimentos de terra ao redor da mina aceleraram sua subsidência. O seu nível caiu 11,4 centímetros nas últimas 24 horas, novamente segundo a Proteção Civil.

E desde 21 de novembro a área afundou 1,43 metros, indica a mesma fonte.

A mina de sal em questão, que produz sal-gema (usado na produção de hidróxido de sódio e PVC), é uma das 35 que a empresa Braskem opera em Maceió. O acionista majoritário da empresa é a Novonor, antiga Odebrecht.

A Braskem garantiu em seu site que está tomando “todas as medidas possíveis para minimizar o impacto” de um possível colapso, prevendo dois cenários: um afundamento “gradual” ou “abrupto”.

READ  A situação está ficando complicada para Payet no Brasil

You May Also Like

About the Author: Hannah Sims

"Guru profissional do café. Jogador típico. Defensor do álcool. Fanático por bacon. Organizador."

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *