Brasil derruba Colômbia e Neymar é decisivo novamente

Vitória brasileira nos últimos momentos da partida. O Brasil liderou o placar há muito tempo e arrebatou a vitória sobre a Colômbia (2 a 1) no fim do suspense para se manter a todo vapor na Copa América, graças ao gol de Casemiro em cobrança de escanteio de Neymar, quarta-feira, 23 de junho , no Rio de Janeiro.

A partida tinha começado mal para a Seleção, que viu o atacante Luis Diaz abrir o placar aos 10 minutos com um formidável cinzel acrobático, o melhor gol desde o início do torneio.

Mas o país-sede conseguiu a terceira vitória em muitas partidas graças a dois gols marcados por Roberto Firmino (78) e Casemiro (90 + 10).

Essa vitória brasileira foi marcada por uma polêmica acalorada. A partida teve que prosseguir até os 100 minutos devido a longas reclamações dos colombianos, que sem sucesso pediram o cancelamento do empate brasileiro, depois que o árbitro Nestor Pitana inadvertidamente tocou na bola durante a partida.

O Brasil manteve uma série de vitórias consecutivas em todas as competições, ainda que desta vez, sofrendo um gol, depois de ter mantido uma folha sem sofrer golos em seis jogos.

Ao contrário das últimas quatro partidas pela Seleção, Neymar não marcou, mas acertou a trave (65) e, com isso, cabeceou Casemiro na cobrança de escanteio, após dez minutos intermináveis ​​de prorrogação.

Aproveitando a Copa América para testar novos times para a Copa do Mundo de 2022, Tite continuou mudando de time, com cinco mudanças desde a partida contra o Peru.

Para enfrentar a Colômbia, o adversário mais difícil do segundo set, a Seleção encontrou sua articulação central, com Marquinhos voltando ao lado de seu ex-companheiro de Paris Saint-Germain Thiago Silva.

No Nilton Santos, o Brasil encurralou no início do jogo, antes de ser atacado friamente no primeiro ataque colombiano, que terminou com o cinzel brilhante de Diaz, no coração de Cuadrado (10).

READ  Sem espectadores, os atletas preenchem o vazio

Neymar estava bem imerso e o único brasileiro que criou a aparência de perigo foi Richarlison, com um chute de Ospina (20) e outro de um zagueiro (41).

O Brasil mostrou um time melhor após o primeiro tempo. Roberto Firmino entrou no final do primeiro tempo e empatou cruzamento de Renan Lodi, também entrado recentemente (78º lugar), que herdou a bola após um desvio involuntário do árbitro.

O Brasil ajudou muito nisso, mas também por causa de um erro de mão de David Ospina.

Antes desse procedimento, Neymar havia começado a colocar a cabeça para fora d’água, mas foi muito curto em um buraco longo de Thiago Silva (54ª posição), antes de encontrar a trave (65) ao driblar o goleiro. O atacante do Paris Saint-Germain foi capaz de ser decisivo no final da partida, posicionando Casemiro perfeitamente na cobrança de escanteio.

A Seleção já havia se classificado para as quartas de final antes do encontro e ainda está na liderança do Grupo B, com nove pontos (cinco a mais que Colômbia e Peru). As brasileiras jogam a última partida da primeira fase no domingo, 27 de junho, em Goiânia, contra os equatorianos.

You May Also Like

About the Author: Winona Wheatly

"Analista. Criador. Fanático por zumbis. Viciado em viagens ávido. Especialista em cultura pop. Fã de álcool."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *