Brasil: Desmatamento da Amazônia atingiu nível recorde em abril

Durante os primeiros 29 dias de abril, o desmatamento na área atingiu 1.012,5 quilômetros quadrados, segundo dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais Inpe, que divulgará os dados do último dia do mês na próxima semana.

A destruição da Amazônia brasileira nos primeiros quatro meses do ano também atingiu um recorde, atingindo 1.954 quilômetros quadrados, um aumento de 69% em relação ao mesmo período de 2021 – o que equivale a desmatar uma área mais que o dobro de seu tamanho. Cidade de Nova York.

O desmatamento explodiu na Amazônia desde que o presidente assumiu Jair Bolsonaroque foi eleito em 2019, voltou às medidas de proteção ambiental, argumentando que mais agricultura e mineração na Amazônia reduziriam a pobreza na região.

“A razão desse registro tem nome e sobrenome: Jair Messias Bolsonaro”, anunciar Márcio Asterinipresidente do grupo brasileiro de advocacia Observatório do Clima, em comunicado.

A administração do presidente brasileiro e o Ministério do Meio Ambiente não responderam imediatamente aos pedidos de comentários.

Embora o desmatamento já esteja em alta, o Observatório do Clima disse que seus analistas ficaram surpresos com esse número em abril, durante a estação chuvosa, quando os madeireiros dificilmente conseguem chegar à floresta lamacenta.

burro de alencarO diretor científico do Instituto de Pesquisas Ambientais da Amazônia (IPAM), o Instituto de Pesquisas Ambientais da Amazônia (IPAM), disse esperar que o desmatamento continue aumentando antes das eleições presidenciais de outubro.

READ  Gaspar Noe, entrevista com o diretor de "Vortex"

You May Also Like

About the Author: Echo Tenny

"Evangelista zumbi. Pensador. Criador ávido. Fanático pela internet premiado. Fanático incurável pela web."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *