Brasil na Liga das Nações, Bob Tahri alucina

O futebol continuou a evoluir por alguns anos. A última mudança é o aparecimento de times sul-americanos na Liga das Nações.

A partir de agora é uma coisa certa, a Liga das Nações, da qual a seleção francesa é detentora do título, receberá em suas fileiras países da América do Sul a partir de 2024. Uma novidade bastante surpreendente anunciada nesta sexta-feira por Zbigniew Boniek, o vice-presidente da UEFA. Pudemos então ver França-Brasil ou Espanha-Argentina, o que deve deixar alguns torcedores e observadores felizes. Mas nem todos. É particularmente o caso de Bob Tahri, que acredita que esta decisão será prejudicial para os interesses do futebol.

Bob Tahri indignado com a chegada de times sul-americanos à Liga das Nações

No set de O Canal A Equipe, o consultor realmente empurrou um pouco o assunto. “É quase discriminatório. Nesta Liga das Nações em 2024, eles poderiam ter criado uma competição com todas as outras desde a América do Sul. Se decidirem colocar dez times da América do Sul, por que América do Sul e não África? E por que não a Oceania? A reflexão está aí … Depois, é certo que ao colocar seleções de prestígio como o Brasil ou a Argentina, há inevitavelmente um interesse. Mas não estamos apaixonados por esses jogos onde cartazes são raros? O fato de repetirmos cartazes desse tipo nas Nações, sempre temos esse lado sentimental da Copa que não necessariamente temos nos clubes, porque estamos mais acostumados ”., em particular indicou Bob Tahri, nada fã da próxima fórmula da Liga das Nações. Resta saber se esta nova fórmula conseguirá fazer com que todos concordem quando for lançada, mas também onde se desenrolarão as reuniões devido às distâncias entre os países da Europa e da América do Sul.

READ  Paris espera ver a magia de Neymar novamente

You May Also Like

About the Author: Hannah Sims

"Guru profissional do café. Jogador típico. Defensor do álcool. Fanático por bacon. Organizador."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *