Brasil – Resumo Econômico e Financeiro 3 a 17 de agosto de 2023

Brasil – Resumo Econômico e Financeiro 3 a 17 de agosto de 2023
  • Brasil se torna o número 1tempo O destino do IDE francês nos países emergentes é superior ao da China

A França é um grande investidor no Brasil, com um stock de investimento direto no valor de 35 mil milhões de euros em 2022. O Brasil é assim o 11.º destino dos investimentos franceses no mundo (2,5% do total), à frente da China (30,7 mil milhões de euros). . Esta forte presença francesa também fica evidente na sua classificação como terceiro investidor estrangeiro no Brasil, tanto em termos de estoque como também em termos de fluxos líquidos em 2022 (US$ 4,8 bilhões, ou 8,3% do total). Em contrapartida, o Brasil é um investidor mais modesto em França, com um saldo de 1,8 mil milhões de euros, ou 0,2% do stock de investimento estrangeiro direto em França.

  • Enorme plano de investimento Pacote Novo Lançado pelo poder executivo.

O governo lançou o novo Programa de Aceleração do Crescimento, que prevê investimentos no valor de 1 700 mil milhões de dólares (315 mil milhões de euros) ao longo de 3 anos, para estimular o crescimento e reduzir a desigualdade e o défice de infraestruturas do país. O Novo PAC concentra seu financiamento em infraestrutura urbana, energia e transporte. Financiar 22% do plano a partir do orçamento federal (371 mil milhões de reais, ou quase 70 mil milhões de euros) representa um desafio para o Ministério das Finanças, que procura equilibrar as contas públicas para cumprir as novas regras orçamentais.

  • O impacto esperado da reforma fiscal continua a ser elevado, apesar de diversas exceções que aumentariam a taxa de IVA.

Aprovado pelos deputados em julho, o Senado começou a estudar o projeto de alteração do sistema de impostos indiretos sobre a produção e o consumo e deverá alterar o texto antes de uma possível votação no final de outubro. O governo acaba de publicar um estudo que destaca que a taxa de IVA aplicada caso a versão atual do texto fosse aprovada (26%) seria elevada para os padrões internacionais. Este nível explica as numerosas excepções ao estatuto (um aumento da taxa de 4,8 pontos percentuais). Isto diluiria o impacto positivo da reforma, que, no entanto, permaneceria forte. Ainda mais optimista do que um estudo recente que estimou o crescimento adicional do PIB resultante da reforma em +2,4% após dez anos, o Ministro Extraordinário da Reforma Tributária acredita que os ganhos de crescimento poderão atingir +12%.

  • Gráficos da semana: Estimativas do impacto da reforma tributária no PIB.
READ  Beco sem saída sangrento na Colômbia reverberação

You May Also Like

About the Author: Opal Turner

"Totalmente ninja de mídia social. Introvertido. Criador. Fã de TV. Empreendedor premiado. Nerd da web. Leitor certificado."

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *