Britânico morto na Ucrânia, outro desaparecido

Um porta-voz do Ministério das Relações Exteriores britânico anunciou na quinta-feira que um britânico havia sido morto na Ucrânia e outro estava desaparecido.

• Leia também: direto | O 64º dia de combates na Ucrânia

• Leia também: Atentados à bomba em Kiev durante a visita do secretário-geral das Nações Unidas

O ministério não os identificou, mas disse que as autoridades estão apoiando suas famílias e “buscando urgentemente mais informações” sobre a pessoa desaparecida.

De acordo com a mídia britânica, o britânico morto era um veterano do exército britânico, Scott Sibley. Seus ex-companheiros o elogiaram em uma página do Facebook e uma página de arrecadação de fundos foi criada.

De acordo com a mídia britânica, os dois cidadãos estavam lutando contra as forças russas como voluntários.

Pouco depois de a Rússia ter invadido seu país em 24 de fevereiro, o presidente ucraniano Volodymyr Zelensky convocou um “corpo internacional” de voluntários estrangeiros para ajudá-lo a defender a Ucrânia.

A secretária de Relações Exteriores britânica, Liz Truss, parecia apoiar os britânicos que queriam ir para o front. Mas o ministro da Defesa e oficiais militares o reformularam.

“Desaconselhamos todas as viagens à Ucrânia, e qualquer pessoa que viaje para áreas de conflito para se envolver em atividades ilegais deve esperar ser processada ao retornar ao Reino Unido”, confirmou um porta-voz do ministério à AFP.

READ  Elon Musk vai dar um Tesla para um cara que come sua pizza da maneira errada

You May Also Like

About the Author: Alec Robertson

"Nerd de cerveja. Fanático por comida. Estudioso de álcool. Praticante de TV. Escritor. Encrenqueiro. Cai muito."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *