Carlos admite abertamente que se compara a Marcelo no Real Madrid

Roberto Carlos, ex-lateral-esquerdo do Brasil e do Real Madrid, abriu o jogo no final da carreira de 15 anos de Marcelo no Santiago Bernabéu. Ele disse que os brasileiros devem se orgulhar de suas realizações.

Depois de ajudar seu time a vencer a La Liga e a Liga dos Campeões em 2021/22, Marcelo anunciou sua saída do Real Madrid no início deste mês. Desde que ingressou no Los Blancos em 2007, o jogador de 34 anos fez 546 jogos pelo clube.

Carlos, que passou 11 anos em Madri de 1996 a 2007, recentemente se abriu sobre as comparações entre ele e o zagueiro de partida na rádio Onda Cero.

“Vi muitas pesquisas hoje, falamos muito de números. Nunca parei de pensar. Nunca quis ser melhor do que ninguém, mas sou melhor do que eu mesmo.”

Ele adicionou:

“Os brasileiros devem se orgulhar que a posição de lateral-esquerdo do melhor clube do mundo é coberta pelos brasileiros há 20 anos. Eu realmente não gosto desse debate. Não há comparação entre nós. Não há rivalidade, esses duas histórias semelhantes têm os mesmos sonhos.”

O especialista em lances de bola parada, de 49 anos, lembrou os primeiros dias de Marcelo no clube.

“Quando comecei a jogar futebol aos 13 anos, recebi uma boa educação que facilitou minha vida. No futebol, há muito ego e principalmente com colegas nessa posição.

No primeiro dia em que Marcelo chegou à Espanha, dei meu número para ele porque sabia que ele ia precisar. Eu estava disponível para ele 24 horas por dia.

continuou:

“Eles queriam que Marcelo saísse por empréstimo. Eu pedi ao chefe na época que o deixasse conosco para saber mais e descobrir onde o menino tinha vindo.”

READ  Robert Saleh's interview ended the second round

Publicidade

You May Also Like

About the Author: Winona Wheatly

"Analista. Criador. Fanático por zumbis. Viciado em viagens ávido. Especialista em cultura pop. Fã de álcool."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *