Cerberus: ‘Realmente chegou ao fim da luta para mim’

Angelina voltou do Campeonato Brasileiro-Francês de Jiu-Jitsu com a medalha de bronze.

Aos 14 anos, Angelina Solorza Nino participou na semana passada do Campeonato Brasileiro de Jiu-Jitsu Francês em Villebon-sur-Evette (Eason). Em sua primeira participação, ela voltou ao Cerber com uma medalha de bronze.

Angelina pratica capoeira e jiu-jitsu brasileiro desde os oito anos de idade. Seu pai, Thiago, é mestre de Dende, professor de Capoeira. Ele também ensina Brazilian Jiu-Jitsu no Cerber com uma delegação de seu mestre Beto Ramos, do Nantes Delariva Club, classificado como o melhor clube de Brazilian Jiu-Jitsu da França.

Esta arte marcial é derivada do judô japonês e do jiu-jitsu. As lutas, muito técnicas, são principalmente no chão, com chave de braço, chave de perna, chave de pescoço e estrangulamento (os golpes são proibidos).

Brazilian Jiu-Jitsu é a origem da criação do UFC (Ultimate Fighting Championship), um torneio de artes marciais mistas (ou MMA, artes marciais mistas, ou seja, todas as disciplinas com os punhos dos pés combinados).

Angelina se preparou para o campeonato no Cerber com Thiago, e nas férias, em Nantes, com o Sr. Beto Ramos, terceiro faixa-preta e multicampeão francês. Durante os torneios: “Eu estava tão nervoso, reconhecer, Mas eu estava planejando com minha equipe observando os outros competidores.”

Por questões organizacionais, ela teve que lutar na classe alta, com competidores mais velhos e mais pesados.

Angelina retorna animada: “Adorei a atmosfera, as pessoas torcendo. Para mim, realmente chegou ao fim da luta.” Num futuro próximo, a Capoeira continua : “Eu realmente amo este esporte. Ele me ajuda muito no Jiu-Jitsu brasileiro para suporte, flexibilidade e cobertura.”

READ  A morte de Marti Vergès, dentro do Escudo de Barcelona | Esportes

Angelina planeja participar do campeonato francês no próximo ano para recuperar a medalha de ouro. O Campeonato Europeu é realizado dentro de cinco meses. “ por que não ?”, Eu sorri.

You May Also Like

About the Author: Winona Wheatly

"Analista. Criador. Fanático por zumbis. Viciado em viagens ávido. Especialista em cultura pop. Fã de álcool."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *