Confrontos violentos adiam início do jogo Brasil x Argentina (vídeo)

Confrontos violentos adiam início do jogo Brasil x Argentina (vídeo)
O técnico da seleção brasileira Fernando Diniz tenta acalmar o fisioterapeuta argentino Marcelo D'Andrea
Carl D’Souza/AFP

Antes do início do confronto entre brasileiros e argentinos no Estádio do Maracanã, eclodiram brigas entre torcedores dos dois campos.

o “com.superclássico» A partida entre Brasil e Argentina começou com cerca de trinta minutos de atraso, hoje, terça-feira, devido a confrontos entre torcedores nas arquibancadas do Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro, nesta partida de qualificação para a Copa do Mundo de 2026.

Os jogadores argentinos, atuais campeões mundiais, saíram de campo por um momento e retornaram ao vestiário logo após a briga que começou durante o hino nacional e foi reprimida com intervenção muscular da polícia. “Não vamos brincar, vamos embora!O capitão argentino Lionel Messi disse ao deixar o campo, segundo imagens transmitidas pela televisão local. Mas a seleção argentina finalmente voltou quando a situação se acalmou nas arquibancadas. A partida estava marcada para começar às 21h30, horário local, mas foi marcada meia hora depois.

Em setembro de 2021, outra partida entre Brasil e Argentina foi interrompida após apenas cinco minutos de jogo após a intervenção das autoridades sanitárias locais, após quatro jogadores da Albiceleste terem sido acusados ​​de violar o protocolo anti-coronavírus. Representantes da Agência Sanitária Anvisa e da Polícia Federal entraram em campo para encerrar a reunião, em estado de total confusão. Esta eliminatória para a Copa do Mundo de 2022, sem disputa, acabou não sendo repetida.

Veja também – Derrota histórica do Brasil contra a Argentina nas eliminatórias para a Copa do Mundo de 2026 (0-1)

” data-script=”https://static.lefigaro.fr/widget-video/short-ttl/dugout/index.js” >


” data-script=”https://static.lefigaro.fr/widget-video/short-ttl/video/index.js” >

READ  Luis Suarez pode deixar o Atlético de Madrid e se despedir do Barcelona

You May Also Like

About the Author: Winona Wheatly

"Analista. Criador. Fanático por zumbis. Viciado em viagens ávido. Especialista em cultura pop. Fã de álcool."

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *