Copa América: Messi e Argentina marcaram nas quartas de final após vencer o Paraguai

O registro falhou em levantar multidões. Em uma partida bastante entediante, a Argentina se classificou para as quartas de final da Copa América após uma vitória lenta sobre o Paraguai (1-0) graças a um gol de Papu Gomez. A partida que permitiu a Lionel Messi igualar o recorde nacional em número de seleções.

O jogador do Barcelona, ​​que fez sua estreia pela seleção nacional em 16 de agosto de 2005, fez sua 147ª aparição na segunda-feira com a camisa azul e branca. Ele aproveitou a oportunidade para igualar o recorde nacional de Javier Mascherano, o “Jevisetto” aposentou-se desde o ano passado, que era seu companheiro de equipe do Barcelona (2010-2018). Com 73 gols marcados, a Bola de Ouro detém seis vezes o recorde nacional de gols.

Mas esse novo marco histórico para o capitão argentino foi surpreendentemente contrariado pela transparência de sua atuação em Brasília.

A Argentina espera por um novo título há 28 anos

No Nacional Mané Garrincha, da capital brasileira, o jogador albiceleste camisa 10 se mostrou na partida, ao contrário de Di Maria, o único atacante que tentou dar um alívio ao time.

Com quase 34 anos (ele conquistará na quinta-feira), Messi ainda sonha em conquistar seu primeiro título importante com a seleção, depois de perder quatro finais (Copa América de 2007, 2015 e 2016 e Copa do Mundo de 2014). Passaram-se 28 anos e a Copa América de 1993 quando a seleção albiceleste desmamarava títulos.

De qualquer forma, essa curta vitória foi suficiente para garantir à Argentina (7 pontos do Grupo A) uma vaga nas quartas-de-final, assim como o Chile um pouco antes (1-1 contra o Uruguai). Isso não é realmente uma conquista, já que quatro das cinco equipes de cada grupo chegam à primeira fase.

READ  Dois jogos preparatórios em Bayonne para a seleção francesa de handebol feminino | cerola

Junto com Argentina e Chile, o Brasil liderado por Neymar é o terceiro classificado até agora para as quartas-de-final, que começarão em 2 de julho. Até lá, faltam ainda dois dias nos grupos para o fim do primeiro turno com Brasil-Colômbia em particular nesta quarta-feira.

You May Also Like

About the Author: Winona Wheatly

"Analista. Criador. Fanático por zumbis. Viciado em viagens ávido. Especialista em cultura pop. Fã de álcool."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *