Copa do Mundo Sub-17: Início

Copa do Mundo Sub-17: Início

Pela primeira vez, a Indonésia sediará a fase final da Copa do Mundo Sub-17. Se esta for a primeira vez para o país anfitrião, será a sexta vez que a competição, que é muito inconveniente para os países organizadores, será realizada na Ásia. “A próxima edição será a décima nona da história e, até agora, apenas dois países conseguiram erguer a taça em seu solo: o México em 2011 e o Brasil em 2019.”Lembre-se da FIFA.

24 países, incluindo o Mali, participam nesta décima nona edição do torneio. Na competição, o maior desempenho do Mali remonta a 2015. Liderada por Sekou Koita (Red Bull Salzburg, Áustria), Amadou Haidara (Red Bull Leipzig, Alemanha), Ali Mali e Siaka Bagayoko, a equipe de Bey Bah alcançou o segundo lugar. durar.

Infelizmente, contra o implacável Victor Osimhen (artilheiro com 10 gols), a Nigéria venceu por 2 a 0. No entanto, o goleiro maliano Samuel Diarra foi eleito o melhor goleiro, enquanto Ali Mali ganhou o terceiro melhor jogador.

Depois da edição de 2015 no Chile, o Mali já não atinge este nível de competição. Depois de perder a edição anterior, vencida pelo Brasil, o Aiglonets retorna sob a liderança da ex-capitã das Águias do Mali, Soumela Coulibaly.

Se estiveram perto do título em 2015, esperam conquistá-lo este ano, depois de terminarem em quarto lugar na Taça das Nações Africanas. “A equipe está motivada e tem trabalhado nesse sentido.”Soumaila Coulibaly, que está acompanhado na Indonésia pelo seu antigo colega Bassala Touré e pelo seleccionador interino Ousmane Guindo, confirmou-o.

Antes de rumar à Indonésia, a seleção do Mali dividiu o seu programa preparatório em duas etapas. Passamos a primeira etapa em casa, em Bamako, e incluímos amistosos com clubes do país, e a segunda etapa foi disputada no Reino da Arábia Saudita durante dez dias, e culminou com uma vitória esmagadora sobre o Equador por 4 a 1.

READ  Coutinho está perto do Aston Villa, Gerrard elogia o brasileiro

Para ganhar o título final, 24 países estão na disputa. Assim, os 24 países foram divididos em seis grupos de quatro países. As duas primeiras equipes de cada grupo, bem como os quatro melhores terceiros colocados, se classificam para a fase eliminatória. Este último consiste nas oitavas de final, nas quartas de final, nas semifinais, na disputa do terceiro lugar e na final.

Cinco vezes vencedora do título (1985, 1993, 2007, 2013, 2015), a Nigéria é a recordista da competição. Os seus cinco títulos mais dois pelo Gana (1991, 1995) fazem de África o continente mais bem sucedido. Atual campeão, o Brasil foi sagrado campeão mundial 4 vezes (1997, 1999, 2003, 2019).

Dedicado aos jovens jogadores de futebol com menos de 17 anos, o Mundial Sub-17 é um palco para descobrir jovens talentos de todo o mundo. A este respeito, a FIFA declarou o seguinte: “Ao longo dos seus quase 40 anos, a Copa do Mundo Sub-17 da FIFA viu uma série de grandes jogadores em formação, incluindo potenciais futuras estrelas. Sejam seus nomes Gianluigi Buffon, Luis Figo, Francesco Totti, Ronaldinho,.

um J.

Vencedores anteriores

Nigéria (1985), União Soviética (1987), Arábia Saudita (1989), Gana (1991), Nigéria (1993), Gana (1995), Brasil (1997), Brasil (1999), França (2001), Brasil (2003) ) ) México (2005), Nigéria (2007), Suíça (2009), México (2011), Nigéria (2013), Nigéria (2015), Inglaterra (2017), Brasil (2019),

Vencedores repetidos

Nigéria (5), Brasil (4), Gana (2), México (2)

Vencedores por confederação

CAF (7) CONMEBOL (4) UEFA (4) CONCACAF (2) ÁSIA (1)

Vencedores da Bola de Ouro (melhores jogadores)

1985: William (Brasil), 1987: Philip Osondo (Nigéria), 1989: James Will (Escócia), 1991: Ney Lamptey (Gana), 1993: Daniel Ado (Gana), 1995: Muhammad Al Kathiri (Omã) 1997. – Sergio Santamaria (Espanha) 1999: Landon Donovan (EUA) 2001: Florent Sinama Pongol (França) 2003: Cesc Fabregas (Espanha) 2005: Anderson (Brasil) 2007: Toni Kroos (Alemanha) 2009. Sani Emmanuel (Nigéria), 2011: Julio Gomez (México), 2013: Kelechi Henach (Nigéria), 2015: Kelechi Nwakale (Nigéria), 2017: Phil Foden (Inglaterra), 2019: Gabriel Veron (Brasil).

READ  A nona edição do Mundial Feminino: as favoritas e as ambições

Equipes qualificadas

Argentina, Brasil, Burkina Faso, Canadá, Equador, França, Alemanha, Inglaterra, Indonésia, Japão, Mali, Marrocos, México, Nova Caledônia, Nova Zelândia, Panamá, Polônia, República da Coreia, Espanha, Estados Unidos, República Islâmica do Irã , Senegal, Venezuela.

Configurar grupos

Grupo A: Indonésia, Equador, Panamá, Marrocos

Grupo Dois: Espanha, Canadá, Mali, Uzbequistão

Grupo C: Brasil, Irã, Nova Caledônia, Inglaterra

Grupo Quatro: Japão, Polônia, Argentina, Senegal

Grupo E: França, Burkina Faso, República da Coreia, Estados Unidos

Grupo Seis: México, Alemanha, Venezuela, Nova Zelândia.

Programa especial para o Mali

Sexta-feira, 10 de novembro

Mali x Uzbequistão, 9h GMT

Segunda-feira, 13 de novembro

Canadá-Mali

Quinta-feira, 16 de novembro

Espanha-Mali

Programa de fim de semana (horários GMT)

Fase de grupos

Sexta-feira, 10 de novembro

Grupo A – Panamá – Marrocos, 9h, Estádio Gelora Bong Tomo

Grupo B – Mali – Uzbequistão, 9h, no Estádio Manahan

Grupo A – Indonésia – Equador, 12h, Estádio Gelora Bung Tomo

Grupo Dois – Espanha – Canadá, 12h, Estádio Manahan

Sábado, 11 de novembro

Grupo C – Nova Caledônia – Inglaterra, 9h, Estádio Internacional de Jacarta

Grupo D – Japão – Polônia, 9h, Estádio CJalak Harupat

Grupo C – Brasil – Irã, 12h, Estádio Internacional de Jacarta

Grupo D – Argentina – Senegal, 12h, Estádio Sea Galak Harupat

Domingo, 12 de novembro

Grupo E – França – Burkina Faso, 9h, Estádio Internacional de Jacarta

Grupo F – Venezuela – Nova Zelândia, 9h, Estádio Sea Galak Harupat

Grupo E – República da Coreia – Estados Unidos da América, 12h, Estádio Internacional de Jacarta

Grupo F – México – Alemanha, às 12h, Estádio C. Galak Harupat

Copa do Mundo Sub-17

READ  Senegal – Ruanda: Em que canal e a que horas?

A música oficial tem mais de 3 milhões de streams

A FIFA colaborou com alguns artistas, principalmente Weird Genius, Lyodra, Tiara e Ziva, para apresentar uma versão modificada do hino nacional para a Copa do Mundo Sub-17, Indonésia 2023. Chama-se Glorious, a versão original da música A competição oficial A versão, lançada no ano passado, alcançou uma classificação geral de mais de 1,4 milhão de visualizações no YouTube e mais de 3,5 milhões de reproduções no Spotify. Tornando-o o Fifa Sound mais baixado do ano, de acordo com o órgão máximo do futebol mundial.

“O remix do grupo indonésio de música eletrônica, Weird Genius, com Lyodra, Tiara e Ziva, permitirá que fãs de todo o mundo vibrem com uma energia totalmente nova. Esta edição, que será lançada em 10 de novembro, deverá ser particularmente emocionante, com 24 equipes competindo para conquistar o título de maior prestígio do planeta nesta faixa etária.A FIFA disse, acrescentando que esta é a música oficial da Copa do Mundo Júnior e está disponível em todas as plataformas musicais.

Al-Hassan com a FIFA

Comentários via Facebook:

You May Also Like

About the Author: Winona Wheatly

"Analista. Criador. Fanático por zumbis. Viciado em viagens ávido. Especialista em cultura pop. Fã de álcool."

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *