COVID-19: três vezes menos probabilidade de teste positivo para vacinas

De acordo com as últimas descobertas divulgadas na quarta-feira a partir de um grande estudo na Inglaterra, pessoas totalmente vacinadas têm três vezes menos probabilidade de teste positivo para COVID-19 do que aquelas que não foram vacinadas.

• Leia também: COVID-19 nas Maurícias: Ministro Boulet discute o passaporte da vacina

• Leia também: COVID-19: Um aumento nos casos de Ístria

• Leia também: Paul McCartney finalmente foi vacinado

Os resultados deste estudo, conduzido pelo Imperial College London e Ipsos MORI em mais de 98.000 voluntários entre 24 de junho e 12 de julho, também mostraram que pessoas totalmente vacinadas têm menos probabilidade de transmitir o vírus.

“Esses resultados confirmam nossos dados anteriores, mostrando que duas doses da vacina fornecem uma boa proteção contra a infecção”, disse B.NS Paul Elliott, líder do estudo. Ele acrescentou: “Sempre há um risco de infecção, porque não existe uma vacina 100% eficaz”, pedindo “cautela”.

O relatório também diz que o número de infecções quadruplicou em relação ao último relatório divulgado no final de maio, com 1 em 160 pessoas infectadas, mas o progresso parece estar diminuindo.

Esses números não levam em consideração o levantamento da maioria das restrições que entrou em vigor em 19 de julho na Inglaterra, apesar da explosão no número de casos atribuídos à variante delta, mais contagiosa.

A última estimativa do Office for National Statistics, que cobre a semana que termina em 24 de julho, conclui que 1 em 65 pessoas está infectada na Inglaterra.

Em todo o Reino Unido, onde 73% dos adultos estão totalmente vacinados, a pandemia já ceifou quase 130.000 vidas.

READ  A atividade recomeça no Atlântico, Flórida nas atrações

You May Also Like

About the Author: Alec Robertson

"Nerd de cerveja. Fanático por comida. Estudioso de álcool. Praticante de TV. Escritor. Encrenqueiro. Cai muito."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *