CR7 se junta a Pelé com 767 gols … ou não

Ao marcar seu 767º gol na terça-feira entre clube e seleção, Cristiano Ronaldo juntou-se ao total não oficial – objeto de múltiplas discussões – atribuído ao lendário Pelé.

Mais um recorde para a estrela portuguesa? Difícil dizer, pois os números ainda são controversos.

Segundo fontes e mídia, Pelé (80) teria marcado entre 757 e 767 gols em partidas oficiais pelos clubes e pelo Brasil. Mas o lendário No.10 Auriverde se autodenomina muito mais: 1283, de acordo com a biografia de sua conta oficial no Instagram. No entanto, muitos deles foram apresentados em turnês internacionais, fora das competições oficiais.

Já o ex-atacante internacional brasileiro Romário (55) marcou um “total de personalidade” de 1.000 gols, entre os marcados nas categorias de base, amistosos e jogos festivos. Mas, de acordo com outras fontes, seu recorde oficial é de apenas 772 gols, ou até menos de 750 gols durante sua carreira que o levou do Brasil à Holanda e Espanha e até mesmo dos Estados Unidos à Austrália e Catar.

O total de Cristiano Ronaldo (36) é menos questionável, com apenas os portugueses a marcarem no século XXI (desde 2002). Mesmo que alguns meios de comunicação, como o Corriere dello Sport da Itália, por exemplo, estejam adicionando gols marcados na Seleção Olímpica de Portugal.

Porém, para a maioria dos meios de comunicação e sites especializados, o número atribuído a Ronaldo é de 767 gols, assim distribuídos: cinco pelo Sporting Lisboa, 118 pelo Manchester United, 450 pelo Real Madrid e 92 pela Juventus de Torino, que são 665 gols em clubes. Das quais 102 conquistas foram adicionadas com Portugal.

Resumindo, se nos limitarmos aos jogos oficiais, a estrela portuguesa juntou-se agora à história de Pelé, símbolo do apetite insaciável por um monstro de ambição e ação. “Gol e primeiro gol: Ronaldo se junta a Pelé no Olympus, entusiasta da Gazzetta dello Sport na quarta-feira em sua versão online, sua primeira página dedicada a“ CR767 ”

READ  Gignac, o impressionante retorno ao azul?

Resta decidir se este resultado é ou não o recorde absoluto da história do futebol. De acordo com a Gazzetta dello sport, os tchecos Josef Pecan (805) e Romário (772) ainda estão à frente de ‘CR7’ e Pelé. Isto significa que o português, que almeja jogar até aos 40 anos, terá apenas uma ou duas temporadas para jogar ao seu ritmo para se tornar no maior goleador de todos os tempos.

Recorde de corrida

Porém, para o Corriere Dello Sport, que pesquisou bastante o tema, ‘CR7’ já estará na frente, pois alguns dos gols marcados a Pican e Romário não foram marcados nas partidas oficiais. Outro atacante poderia ter se saído melhor do que todos os atacantes, o alemão Erwin Helmchen, que jogou principalmente nas décadas de 1930 e 1940 …

Já Lionel Messi (33), grande rival de Cristiano Ronaldo, não foi excluído: no final de dezembro Pelé também empatou, desta vez no número de gols que marcou sob a camisa de uma equipe, em cruzamento com o FC. Barcelona é um bar de 643 unidades criado pelo ilustre brasileiro com o Santos.

Espetáculo elogiado pelo próprio Pelé: ‘Assim como você, eu sei o que é amar usar a mesma camisa todos os dias. Como você, sei que não há nada melhor do que um lugar para se sentir em casa. Parabéns pelo seu recorde histórico, Lionel, pela reação brasileira ao Instagram.

Desde então, “La Puce” continuou a marcar e agora tem 729 gols, dos quais 71 são registrados pela seleção argentina. Dois anos mais novo que Ronaldo, Messi também pode entrar nesta corrida pelos recordes, símbolo da eterna rivalidade entre a bola de ouro portuguesa de cinco anos e a bola de ouro hexagonal argentina.

READ  Os fãs só podem assistir Norway A na Sky ou agora na TV

/ ATS

You May Also Like

About the Author: Winona Wheatly

"Analista. Criador. Fanático por zumbis. Viciado em viagens ávido. Especialista em cultura pop. Fã de álcool."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *