crise submarina | ‘Dá um tempo’: Boris Johnson liga para Paris para se acalmar

(Londres) ‘Give me a break’: o primeiro-ministro britânico Boris Johnson pediu na quarta-feira à França, usando o padre English, que se unisse após a indignação expressa por Paris sobre o acordo de segurança entre os Estados Unidos, a Austrália e o Reino Unido. .




“Acho que é hora de alguns de nossos amigos mais queridos do mundo” assumirem o controle de tudo isso, disse ele a câmeras britânicas durante uma visita a Washington.

“Dá um tempo” (deixe-me respirar), ele continuou, ainda em Fringlish.

Este é um grande passo à frente para a segurança global. Estes são três aliados que realmente compartilham os mesmos valores que se unem e estabelecem uma nova parceria para compartilhar tecnologia. ”

Boris Johnson

A parceria estratégica Indo-Pacífico celebrada entre Washington, Londres e Canberra, com o objetivo de conter a influência chinesa na região, leva à rescisão de um importante contrato de fornecimento de submarinos convencionais assinado pela França com a Austrália, a favor dos submarinos nucleares.

Para expressar sua indignação, a França lembrou seu embaixador nos Estados Unidos, um ato sem precedentes em relação a este aliado histórico, bem como em relação à Austrália, o país originário da crise.

Essa parceria ‘não é exclusiva, eles não estão tentando excluir ninguém. “Não tem a intenção de se opor à China, por exemplo”, disse Boris Johnson. Tem como objetivo intensificar as relações e a amizade entre os três países de uma forma que acredito será benéfica para as coisas em que acreditamos.

O presidente francês Emmanuel Macron deve se reunir na tarde de quarta-feira com seu homólogo americano Joe Biden para discutir a crise do submarino.

READ  Vovó morre de cachorros

You May Also Like

About the Author: Alec Robertson

"Nerd de cerveja. Fanático por comida. Estudioso de álcool. Praticante de TV. Escritor. Encrenqueiro. Cai muito."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *