Cuidado com a febre Oropouche, principalmente no Brasil e em Cuba!

Cuidado com a febre Oropouche, principalmente no Brasil e em Cuba!

No dia 13 de junho, o governo do Canadá publicou um parecer sobre Febre Oropouche nas Américas.

Surtos de febre Oropouche foram detectados nas Américas no passado, mas o número de casos desta doença é atualmente superior ao esperado. Foram notificados casos até em partes do Brasil, Bolívia e Cuba – locais onde nunca tinham sido notificados casos antes.

O governo, portanto, convida os canadenses a “ tome precauções de saúde ao viajar ” (nível 1).

Vírus Oropouche transmitido pela picada de um mosquito ou mosquito infectado

Saúde Canadá explica que a febre Oropouche é uma doença causada pelo vírus de mesmo nome. É transmitido aos humanos através da picada de um mosquito (pequena mosca) ou de um mosquito infectado.

Os mosquitos são mais ativos durante a noite, enquanto os mosquitos são mais ativos durante a tarde. Ambos os insetos podem ser encontrados dentro e fora das casas.

A maioria dos viajantes corre baixo risco. Pessoas que passam muito tempo ao ar livre podem correr maior risco devido ao aumento da exposição a insetos.

Não existe vacina para prevenir a infecção pelo vírus Oropouche.

Febre Oropouche: sintomas semelhantes aos da dengue

A febre Oropouche pode ser confundida com a dengue. Os sintomas são semelhantes e incluem:

  • náusea
  • febre
  • arrepios
  • vômitos
  • dores de cabeça
  • dor nas articulações
  • dor muscular
  • sensibilidade à luz
  • dor atrás dos olhos

Algumas pessoas também podem apresentar erupção na pele.

Em casos raros, a febre Oropouche pode causar doenças graves, como meningite asséptica (inflamação das membranas que envolvem o cérebro).

Não existe tratamento específico para a febre Oropouche. O atendimento médico visa controlar os sintomas e facilitar a recuperação.

READ  Agricultura: os queijos de uma pastora corsa distinguidos no Brasil

Recomendações para evitar o vírus Oropouche

A melhor maneira de se proteger contra o vírus Oropouche durante viagens é prevenir sempre as picadas de insetos. A Health Canada recomenda o seguinte aos viajantes:

  • Sempre use um repelente de insetos aprovado na pele exposta. Para melhores resultados, siga sempre o rótulo e leia as instruções.
  • aplique corretamente um repelente de insetos aprovado e adequado à idade na pele exposta.
  • considere limitar as atividades ao ar livre quando os mosquitos e mosquitos estiverem mais ativos.
  • Cubra-se com roupas largas e de cores claras feitas de materiais bem tecidos, como náilon ou poliéster. Use calças compridas e camisas de mangas compridas, sapatos ou botas fechadas e chapéu.
  • use mosquiteiro (dia ou noite) para dormir ao ar livre ou em prédio que não esteja totalmente fechado.
  • considere usar roupas tratadas com um inseticida aprovado.

Recomenda-se também aos viajantes que consultem imediatamente um médico caso apresentem sintomas semelhantes aos causados ​​pelo vírus Oropouche.

Por fim, depois de regressar ao Canadá, os viajantes devem continuar a monitorizar a sua saúde e consultar um médico – especificando para onde viajaram – caso apresentem sintomas semelhantes aos causados ​​pelo vírus Oropouche.


Para todas as últimas notícias de viagens: inscreva-se no PAX. Siga-nos no Facebook, LinkedIn E X-Twitter.


You May Also Like

About the Author: Hannah Sims

"Guru profissional do café. Jogador típico. Defensor do álcool. Fanático por bacon. Organizador."

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *