Edmundo relata as lutas de Ronaldo: “Seguramos a língua dele enquanto seus olhos rolavam para trás”

Edmundo relata as lutas de Ronaldo: “Seguramos a língua dele enquanto seus olhos rolavam para trás”

Há 23 anos, em 12 de julho de 1998, a França venceu o Brasil na final da Copa do Mundo de 1998 por 3×0. Mas poucas horas antes desta final, os jogadores brasileiros, em grupo, temiam por suas vidas.

Na verdade, o astro brasileiro Ronaldo teve uma convulsão na frente de seus colegas. Este último, que estava com medo, chegou a pensar que o seu principal goleador passaria ali. “Eu estava entrando nos quartos com Doreva e vi Ronaldo tendo ataques epilépticos. Saí pelos corredores para avisar a todos. Com César Sampaio, seguramos sua língua enquanto seus olhos se afastavam.Disse Edmundo, outro meio-campista brasileiro, ao podcast brasileiro Inteligência, felizmente o acesso rápido dos paramédicos salvou a vida de Ronaldo.

Logo Ronaldo voltou a si, sem saber o que havia acontecido com ele. ” Todos sabiam que ele tinha convulsões, exceto ele. Logo Ronaldo entrou na sala, sentou-se e começou a comer o bolo. Todo mundo olhou para ele nervoso. Aí ele veio fazer um telefonema e Leonardo (atual diretor esportivo do PSG) disse: “ Acho que ele vai morrer dentro de campo.Parecia um pouco estranho nas nuvens Adicionado Edmundo.

No final, Ronaldo será reserva nesta final derrotada. Ele compensou em 2002, vencendo a Copa do Mundo na Coréia e no Japão, marcando dois gols na final.

READ  Olimpíadas de Paris 2024: o Brasil, duas vezes medalhista de ouro, não participará das próximas Olimpíadas

You May Also Like

About the Author: Winona Wheatly

"Analista. Criador. Fanático por zumbis. Viciado em viagens ávido. Especialista em cultura pop. Fã de álcool."

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *