Em Lannion, o esporte brasileiro de jiu-jitsu estreou na ASPTT Judô – Lannion



Natural de Paraty, próximo ao Rio, Bernard Wollmann, que acaba de se mudar para Lannion por motivos profissionais, com sua esposa Brasília, oferece aulas de Jiu-Jitsu em ASPTT Judô.

“Ele é novo no clube. Bernard Wollmann tem uma licença internacional e ensinou disciplina no Brasil. Para poder dar aulas na França, ele fará um curso de treinamento, que lhe permitirá dar aulas na França”, disse. Guillaume Lechat, treinador de judô da ASPTT.

O que é o Jiu-Jitsu Brasileiro?

O Jiu Jitsu Brasileiro é uma arte marcial que acaba de se juntar ao Federação Francesa de Judô Desde 1 de julho. É um esporte de combate no solo com sistema de defesa pessoal, derivado das técnicas do judô e do jiu-jitsu e importado do Japão para o Brasil por volta de 1920. Ao contrário da maioria das artes marciais, que preferem o combate em pé, o jiu-jitsu brasileiro foca no solo combate. O objetivo é subjugar seu oponente sem atacá-lo. Todos os ataques são proibidos.

Diferenças com Jiu Jitsu e Judô

Como no judô, o jiu-jitsu brasileiro é praticado em um tatame. O vestido é um quimono e as filas são punidas com cintos. São branco, cinza, laranja e verde para menores de 16 anos; Branco, azul e roxo há mais de 16 anos. Para aqueles com mais de 19 anos, eles podem mudar para preto, vermelho, preto e vermelho. A faixa preta é concedida aos praticantes mais experientes.

As sessões de descoberta são oferecidas todas as quintas-feiras, das 19h45 às 20h15, no Dojo da Maison des sports de Park-Névez.

Contato

Como. 06 49 54 49 07.

READ  Os Red Devils estão a 90 minutos da Copa

You May Also Like

About the Author: Winona Wheatly

"Analista. Criador. Fanático por zumbis. Viciado em viagens ávido. Especialista em cultura pop. Fã de álcool."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *