Espaço

Espaço

(Imagem: 123RF)

Na quinta-feira, um foguete SpaceX foi lançado para a Estação Espacial Internacional transportando quatro passageiros, incluindo um sueco, um italiano e o primeiro turco a subir ao espaço, como parte da terceira missão especial desse tipo.

O lançamento ocorreu conforme planejado às 16h49 (horário local) no Centro Espacial Kennedy, na Flórida.

A missão, chamada de missão Axiom 3 (Ax-3), é a terceira organizada pela empresa americana Axiom Space.

Os passageiros, que treinam há meses, deverão passar cerca de duas semanas na Estação Espacial Internacional, onde chegarão no sábado. Eles então planejam realizar uma série de experimentos científicos lá.

Depois de permitir que clientes ricos realizassem seus sonhos no espaço, a Axiom Space agora também aceita indivíduos patrocinados por agências nacionais.

Esta missão revela assim o papel crescente do sector privado no apoio às ambições espaciais de países que não possuem o seu próprio programa de voos espaciais tripulados.

“Código”

A missão Ax-2 já tinha permitido que dois sauditas, com apoio do seu governo, permanecessem na Estação Espacial Internacional.

Desta vez entre a tripulação: Alper Gezeravci, o piloto de caça que se tornou o primeiro turco a cruzar a fronteira final.

“Vemos esta missão como um símbolo de uma Turquia cada vez mais forte e determinada”, disse esta semana o presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, desejando “boa sorte” ao coronel Gezeravci.

Também a bordo está o sueco Markus Wandt, apoiado pela Agência Espacial Europeia (ESA).

O seu papel como “astronauta de projeto” na ESA permite-lhe participar em missões de curto prazo, através de um contrato a termo certo, ao contrário dos astronautas a tempo inteiro, disse a agência europeia.

“Quero agradecer à ESA pela sua ousadia e visão, e por liderar, juntamente com a Suécia e a Axiom Space, o fortalecimento da presença da Europa no espaço”, escreveu Markus Wandt no Twitter.

READ  Com este novo recurso, o Twitter está copiando o Instagram

A tripulação é completada pelo italiano Walter Velade, membro da Força Aérea de seu país. O homem já voou em uma nave da Virgin Galactic, mas o voo espacial durou apenas alguns minutos.

Por fim, o comandante da missão será o espanhol e americano Michael Lopez Alegría, ex-astronauta da NASA, que será contratado pela Axiom Space para dar suporte aos três clientes.

Um resort privado no futuro

Eles se juntarão a sete pessoas que já estão a bordo do laboratório de voo: dois astronautas americanos, um astronauta dinamarquês, um astronauta japonês e três astronautas russos.

Os detalhes dos vários contratos, incluindo os preços pagos à Axiom Space por assento, não foram anunciados.

Essas missões especiais estão sendo realizadas em parceria com a NASA, que encomenda a Axiom Space para usar a estação.

Para a empresa, essas missões são um primeiro passo antes de construir a sua própria estação espacial.

É um programa incentivado pela NASA, que pretende aposentar a Estação Espacial Internacional por volta de 2030 e depois enviar seus astronautas para estações privadas.

You May Also Like

About the Author: Genevieve Goodman

"Criador. Fã de café. Amante da Internet. Organizador. Geek da cultura pop. Fã de TV. Orgulhoso por comer.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *