Espanha amplia restrições a voos do Brasil e da África do Sul

O governo espanhol anunciou nesta terça-feira, 4 de maio, estender as restrições aos voos do Brasil e da África do Sul até o dia 25 de maio, com o objetivo de controlar a disseminação de variantes do coronavírus. Esta é a sétima extensão desta medida introduzida em 2 de fevereiro. Somente cidadãos espanhóis e andorranos e estrangeiros residentes na Espanha e Andorra podem voar a partir desses dois países.

Os passageiros em trânsito internacional para um país não-Schengen com uma escala de menos de 24 horas também estão autorizados a viajar, mas não estão autorizados a deixar o aeroporto e não podem permanecer mais de 24 horas. As variantes descobertas na África do Sul e no Brasil preocupam a comunidade internacional, que questiona sua contagiosidade e a eficácia das vacinas contra elas. Para os passageiros desses dois países, a Espanha também impõe quarentena na chegada, medida recentemente prorrogada até 3 de maio. Essa quarentena é de dez dias, ou sete dias se o teste PCR for negativo. Também é obrigatório para passageiros de outros dez países, incluindo Peru e Colômbia.

Desde 28 de abril, a Espanha também introduziu uma quarentena de dez dias para passageiros da Índia, onde a situação de saúde é cada vez mais preocupante. Madrid, por outro lado, levantou as restrições em vigor desde o final de dezembro às chegadas do Reino Unido no final de março. A Espanha continua sendo um dos países europeus mais afetados pela pandemia, com mais de 78.000 mortos e mais de 3,5 milhões de casos diagnosticados.

READ  Anvisa deve liberar vacina da Astrazeneca antes do Coronavac

You May Also Like

About the Author: Hannah Sims

"Guru profissional do café. Jogador típico. Defensor do álcool. Fanático por bacon. Organizador."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *