Esportes: um estudo ligando traumatismo craniano a danos cerebrais

Uma pesquisa realizada por uma equipe de especialistas internacionais descobriu que as pessoas que praticam esportes de contato, como futebol, rugby e futebol, correm um risco significativamente maior de desenvolver doenças cerebrais degenerativas, de acordo com um comunicado divulgado na terça-feira.

A Concussion Legacy Foundation disse que um estudo realizado por especialistas de universidades dos Estados Unidos, Austrália, Nova Zelândia, Brasil e Grã-Bretanha encontrou evidências “conclusivas” de que traumas repetidos na cabeça causavam encefalopatia crônica.

Os bancos de cérebros do Departamento de Defesa dos EUA, da Universidade de Boston, do Departamento de Assuntos de Veteranos dos EUA e da Clínica Mayo publicaram estudos mostrando que atletas que praticam esportes de contato têm 68 vezes mais chances de desenvolver ETC do que outros, disseram os pesquisadores.

“Esta análise inovadora nos dá a maior confiança científica de que impactos repetitivos na cabeça causam CTE”, disse Chris Nowinsky, CEO da Concussion Legacy Foundation e principal autor do estudo.

A Concussion Legacy Foundation quer que mais órgãos esportivos globais aprendam sobre a relação causal entre efeitos na cabeça e ETC.

Embora os Centros dos EUA para Controle e Prevenção de Doenças (CDC) e a National Football League (NFL) já tenham reconhecido esse vínculo, organizações como FIFA, World Rugby e COI não, diz a fundação.

“É hora de incluir lesões na cabeça recorrentes e encefalopatia traumática crônica nos esforços de proteção infantil, como exposição ao chumbo, mercúrio, tabagismo e queimaduras solares”, disse Adam Finkel, professor de ciências da saúde ambiental da Universidade de Michigan.

A pesquisa surge à medida que mais esportes estão tomando medidas para limitar o contato com a cabeça.

Na semana passada, a Associação de Futebol recebeu permissão para testar a remoção de cabeças em competições e ligas de nível inferior. Regras semelhantes estão em vigor nos Estados Unidos desde 2015 no futebol juvenil.

READ  Lukaku perdeu com Bélgica e Polônia, e três outros demônios perderam o treino dois dias antes da partida

No rugby, o vencedor da Copa do Mundo da Inglaterra, Steve Thompson, e o ex-jogador do País de Gales, Alex Popham, entraram com uma ação legal contra a World Rugby, a Rugby Football Union e a Welsh Rugby Union por não protegê-los do risco de concussão.

You May Also Like

About the Author: Winona Wheatly

"Analista. Criador. Fanático por zumbis. Viciado em viagens ávido. Especialista em cultura pop. Fã de álcool."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *