Estudantes judeus convidados a deixar a universidade

Estudantes judeus convidados a deixar a universidade

O rabino ortodoxo da Universidade de Columbia e do Barnard College, duas universidades do estado de Nova York, enviou uma carta recomendando que os estudantes judeus deixassem o campus por razões de segurança.

De acordo com a Fox News, agitadores anti-Israel continuaram presentes nos campi. Numa mensagem de WhatsApp enviada a algumas centenas de pessoas, o rabino Eli Buechler expressou sua preocupação.

“A evolução da vida destas crianças em Montré Claire disse que a segurança pública da Universidade de Columbia e a polícia de Nova Iorque não conseguiram proteger a segurança dos estudantes que foram expostos ao extremo anti-semitismo e à anarquia”, escreve ele. Dói-me muito dizer que recomendo fortemente que você vá para casa o mais rápido possível e fique em casa até que a situação dentro e ao redor do campus melhore significativamente.

Ele acrescentou: “Como judeus, não é nossa função manter-nos seguros, e ninguém deveria ter que suportar tanto ódio”.

Ainda existem campos anti-Israel no campus, apesar da presença da polícia.

Um vídeo publicado na Internet mostrou manifestantes apelando aos estudantes judeus para regressarem à Europa.

READ  Um residente de Quebec desmonta com sucesso uma rede criminosa depois que seu computador foi roubado na Bélgica

You May Also Like

About the Author: Alec Robertson

"Nerd de cerveja. Fanático por comida. Estudioso de álcool. Praticante de TV. Escritor. Encrenqueiro. Cai muito."

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *