Fernanda Maciel: “Temos condições de competir com os homens”

“Ele nos contou sobre esta travessia recorde do Cerco de los Altares, em torno de Fitz Roy e Cerro Torre, na Patagônia chilena (diferença de altitude 78 km e 2.600 m, em 13 horas e 15 minutos).
Esta travessia é bem conhecida na Patagônia, é a terceira maior geleira do mundo (depois da Antártida e da Groenlândia). Os alpinistas costumam fazê-lo em sete dias. Na verdade, eu estava lá há 12 anos e desde então sempre esteve em minha mente. com Kaitlyn (Gerbin)Lá, estávamos com tanto medo, que dois homens passaram bem na nossa frente e nos disseram que havia rachaduras enormes, que haviam caído e que era perigoso. Mas nós dissemos: “Vamos tentar.” (Ele ri). Nós 90% pensamos que voltaríamos rapidamente sem terminar. Foi incrível, sem trilhas, tentando ler o terreno da melhor maneira possível. Já estive na Islândia muitas vezes, mas lá, tudo é enorme e maravilhoso. Corremos no gelo… pulamos mais de 2.000 fendas, foi uma loucura. Houve algumas partes selvagens muito técnicas. Cruzamento incrível (Para viver o filme “Olá”).

Já fiz muita competição (4 pódios em UTMB, 3º no Ultra-trail World Tour em 2019 e 2018). Nos últimos dois anos, tenho me concentrado mais em projetos de gerenciamento de caminhos. O que você está procurando?
Explorar novos lugares, a beleza da paisagem, o desafio. E tentar projetos que são muito difíceis para mim, pois não sei se vou conseguir completá-los ou não. Corro longas distâncias há 12 anos. Tenho muita experiência: mais de 1000 km, nas altas montanhas, também montanhismo, recordes (incluindo Kilimanjaro na Tanzânia ou Aconcagua na Argentina). Antes, eu me concentrava nas corridas e, quando tinha um pouco de tempo, fazia um ou dois projetos. Agora quero fazer o contrário. Isso realmente me motiva. Lá, quero ir para o Alasca, correr, escalar e descer vários picos. Eu treino muito para isso

READ  8 melhores sites para assistir séries de TV online gratuitamente

“Em Chamonix, nas montanhas, você pode ver um monte de mulheres na faixa dos 90 anos, com bengalas e eu fico tipo ‘Isso vai ser eu!'” “. Se você ama montanhas, é difícil deixá-las. »

Você retornará ao UTMB algum dia?
É claro (é claro). Eu amo essa corrida, é o meu estilo. Moro em Chamonix há dois anos e já fiz quatro almofadas. Mal posso esperar para voltar, mas não este ano novamente. Provavelmente ano que vem.

Seu objetivo será vencer?
Sim. Desde que estou treinando aqui, mal posso esperar para fazer UTMB novamente.

As duas últimas edições foram marcadas pela impressionante vitória de Courtney Doalter, sétima em 2021. Como você vê a progressão do escalão feminino?
Nós realmente nos aproximamos dos homens. Será muito interessante ver o desenvolvimento deste esporte porque para vencer os caras você obviamente tem que ser forte e rápido, mas a resistência é muito importante. Temos resistência. Somos capazes de competir com os homens. Courtney é muito sólida. Eu também estava entre os cinco primeiros (no zero) Da Transgrancanária (128 km na ilha de Gran Canaria). Às vezes acontece e é ótimo! Fiz uma prova no Brasil, venci e fiquei entre os 3 primeiros masculinos. É bom porque prova que em longas distâncias podemos ter esse potencial para acertar alguns caras.

Fernanda Maciel e Kaitlyn Gerben, durante a travessia na Patagônia. (Face Norte)

Você tem 42 anos. Quanto tempo você ainda se vê na trilha?
Certamente toda a minha vida. Se em três anos eu não puder competir em uma corrida, posso fazer outros projetos, na África, longas distâncias… há muitas possibilidades na pista de atletismo em termos de cultura, social, proteção do planeta. Eu era advogado ambiental antes, então gosto de explorar todos esses aspectos compartilhando minha paixão. Minha paixão por correr nunca vai morrer. Mesmo se eu tiver problemas no joelho, por exemplo, ainda poderei andar de bicicleta por um tempo (Ele ri) Então ele correu. Em Chamonix, nas montanhas, você pode ver muitas mulheres na casa dos 90 anos, com bengalas e eu penso comigo mesmo “Serei eu!”. Se você ama montanhas, é difícil deixar ir. »

You May Also Like

About the Author: Echo Tenny

"Evangelista zumbi. Pensador. Criador ávido. Fanático pela internet premiado. Fanático incurável pela web."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *