Festival de Cinema de Cannes 2021: Notas do júri e seleção oficial antes da abertura! (Cinema / DVD)

O Festival de Cinema de Cannes Vai começar na próxima quarta-feira até 17 de julho, e como todos os anos (depois que uma versão anterior foi um pouco virada de cabeça para baixo por uma crise de saúde relacionada à cobiça), vamos convidá-lo a acompanhar a parte principal da ação em nosso site dedicado.

Enquanto aguardamos a abertura do festival com Jodie Foster, a Palma de Ouro do 74º Festival de Cannes, neste artigo voltamos aos membros do júri e aos filmes da seleção oficial. A partir de terça-feira, vocês poderão conferir nosso perfil do presidente Spike Lee, e na quarta-feira esgotaremos o filme de abertura: Annette de Leos Carax.

Membros do júri da competição de 2021

Spike Lee – Presidente – Diretor, Produtor, Escritor / Estados Unidos
Matti Diop – Diretor / França, Senegal
Fazendeiro Mylene – Autor, Artista / Canadá, França
Maggie Gyllenhaal – Atriz, Produtora, Roteirista, Diretora / Estados Unidos
JessicaHAUSNER – Diretor, Produtor, Roteirista / Áustria
Melanie Laurent – Atriz, Diretora e Roteirista / França
Kleber Mendona Philo – Diretor, Produtor, Roteirista / Brasil
Taher Rahim – Ator / França
Song Kang Ho – Ator / Coreia do Sul

Filmes oficiais escolhidos

filme de abertura
Annette Leos Carax (França, filme de abertura)

A história da minha esposa, de Ildiko Ennedi (Hungria)
Benedita de Paul Verhoeven (França)
Ilha Bergmann por Mia Hansen-Love (França)
O despacho francês de Wes Anderson (EUA)
Alto e forte – Nabil Ayouch (Marrocos).
Campeão – Asghar Farhadi (Irã).
Memoria d’Apichatpong Weerasethakul (EUA / Colômbia)
Jogos Olímpicos de Jacques Audiard (França)
Tre Piani de Nanni Moretti (Itália)
Dia da Bandeira de Sean Penn (EUA)
Tudo correu bem por François Ozon (França)
Titanium por Julia Ducornu (França)
Red Rocket por Sean Baker (EUA)
Petrov Fever – Kirill Serebnikov (Rússia)
Ningi de Mahamat-Saleh Haroun (Tchad)
Les Intranquilles, dirigido por Joachim Lavos (Bélgica)
Fratura de Catherine Corsini (França)
Julie em Doze Capítulos de Joachim Trier (Noruega)
França por Bruno Dumont (França)
Netram de Justin Kurzel (Austrália)
Estande nº 6 de Juho Kuosmanen (Finlândia)
Joelho de Ahed – Nadav Lapid (Israel)
Dirigindo meu carro, De Ryosuke Hamaguchi (Japão)

READ  No Brasil, a epidemia é precedida por cenas de um "filme de terror" em Manaus

You May Also Like

About the Author: Echo Tenny

"Evangelista zumbi. Pensador. Criador ávido. Fanático pela internet premiado. Fanático incurável pela web."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *