Filiais francesas no exterior: 1,395 bilhões de faturamento consolidado (…]- Petites Affiches des Alpes-Maritimes

Filiais francesas no exterior: 1,395 bilhões de faturamento consolidado (...]- Petites Affiches des Alpes-Maritimes

Em 2019, as multinacionais francesas (excluindo serviços bancários e não mercantis) controlavam 48.200 subsidiárias no exterior. Eles realizaram lá a metade de suas vendas consolidadas e empregaram 6,8 milhões de pessoas. As grandes empresas multinacionais são dominantes: agregam 45% das subsidiárias e geram 83% de todas as vendas consolidadas realizadas no exterior.

O custo salarial per capita para essas afiliadas localizadas no exterior é em média € 36.800 por ano, em comparação com € 68.100 para as afiliadas localizadas na França. Além disso, gera € 1.395 bilhões em seu faturamento anual consolidado, o que representa a metade do faturamento total consolidado das multinacionais francesas. Fez 68,3 bilhões de euros em investimentos tangíveis em suas subsidiárias no exterior.

Em termos de força de trabalho no exterior, os três principais países são os Estados Unidos (750.000 funcionários), China (481.000) e Brasil (470.000). Juntos, eles representam 25% de todos os empregos no exterior para multinacionais francesas e 41% dos empregos fora da União Europeia.

No nível da UE, o pré-Brexit Reino Unido (444.000 funcionários), Alemanha (434.000) e Espanha (389.000) respondem por 19% de todos os empregos no exterior para multinacionais francesas e 48% dos empregos na UE. Esses seis países concentram pouco menos da metade da força de trabalho fora da França em multinacionais francesas (44%).

As subsidiárias suíças, belgas e holandesas se destacam com uma rotatividade relativamente alta. Ocupam a sétima, oitava e décima posição, respectivamente, em termos de rotatividade uniforme, mas também para os assalariados: respectivamente nas posições 22, 12 e 13, respectivamente.

A União Europeia (excluindo a França) continua a ser o local número um para as empresas multinacionais francesas, com 39% da força de trabalho localizada no exterior, ou 2,6 milhões de funcionários. O custo salarial por pessoa é muito mais elevado do que no resto do mundo: 45.000 euros por ano em média contra 31.600 euros. Assim, a União Europeia responde por 47% dos custos dos trabalhadores no estrangeiro para as multinacionais francesas.

READ  Runa. Votação para "Mulheres em Ação" 2021

Imagem de um: DR

(Fonte: INSEE)


You May Also Like

About the Author: Opal Turner

"Totalmente ninja de mídia social. Introvertido. Criador. Fã de TV. Empreendedor premiado. Nerd da web. Leitor certificado."

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *