Filme produzido por Jean-Pierre Gardelli será exibido em Cannes

Filme produzido por Jean-Pierre Gardelli será exibido em Cannes

Ele soube da notícia no dia 12 de abril e a data tornou-se oficial recentemente: Jean-Pierre Jardelli pisará no tapete vermelho do Palais des Festivals de Cannes no dia 12 de maio. Junto com seu colega Daniel Aerolis, seu sócio na produtora Milonga, e a equipe do filme “O grande circo místico” de Carlos Diego. Jean-Pierre Gardelli já teve filmes premiados em Cannes na categoria Camera d'Or e na categoria Um Certo Respeito como distribuidor, mas é a primeira vez que seu nome aparece no cartaz oficial da seleção. O júri do presidente Thierry Frémaux faz uma seleção rigorosa para esta lista: 30 filmes de 1.800 são aceitos. “Vinte e cinco palmas e algumas sessões particulares, inclusive as nossas. “É uma grande aventura para mim e para o Daniel”, explica a família Guillacoa. Principalmente porque Diegi é a grande figura do “novo cinema” brasileiro, com uma filmografia impressionante (“Adeus , Brasil em “1980, “Chica da Silva” em 1976, “Orfeo” em 1999, entre outras obras-primas). Dirigiu a Camera d'Or e recebeu uma homenagem especial no ano passado na Cinémathèque.

O filme, que será lançado em julho e distribuído pela Bodega Films, outra empresa de Jean-Pierre Gardelli, foi rodado em Lisboa. “Conheci Diegues em Paris e gostamos muito do roteiro, baseado em um poema de Pedro Lima. É a saga do circo familiar de 1900 até hoje, ao longo de cinco gerações, e um retrato comovente da história brasileira.

O elenco inclui brasileiros, mas também Vincent Cassel e Catherine Mochet. O filme foi apoiado pelo CNC e recebeu a aprovação unânime da Comissão de Cinema Midi-Pyrénées, “mas os governantes eleitos abandonaram o nosso apoio, enquanto o nosso projecto foi executado por técnicos da região que trouxemos para o filme”. Milonga também cuida da pós-produção (mixagem, gradação e efeitos especiais).

READ  The Last Show e Ferrari 312B Discovery + adicionam mais dois documentários esportivos para o público indiano

Feliz por tê-lo em Cannes na categoria mais bem avaliada, o coprodutor e distribuidor de Gaillac espera que as autoridades eleitas da região não tenham coragem de exigir apoio para seu credenciamento.

You May Also Like

About the Author: Echo Tenny

"Evangelista zumbi. Pensador. Criador ávido. Fanático pela internet premiado. Fanático incurável pela web."

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *