Há quatro anos, os Red Devils derrotaram o Brasil e garantiram a semifinal da Copa do Mundo

Os onze titulares belgas para a reunião: Courtois, Alderweireld, Kompany, Vertonghen, Meunier, Witsel, De Bruyne, Fellaini, Chadli, Lukaku, Eden Hazard.

Depois de um início de jogo ligeiramente a favor dos brasileiros, os Red Devils beneficiam de um golo contra o seu campo assinado Fernandinho. Isso é o suficiente para desbloquear um pouco as coisas e cerca de vinte minutos após este gol inaugural, os belgas dobram a vantagem com um gol soberbo de Kevin De Bruyne bem ajudado pelo incrível trabalho de Romelu Lukaku.

Acredita-se que o Brasil terá um pênalti aos 55 minutos, mas após consultar o VAR os brasileiros não marcam pênalti. A Bélgica pode respirar um pouco.

O suspense aumenta quando o substituto Renato Augusto reduziu o placar para um bom quarto de hora do final. A Bélgica como um todo leva uma pancada na cabeça. Mas Courtois responde presente, heróico no final do jogo. Os brasileiros não têm a sorte que às vezes leva nesse tipo de caso. Os Diabos Vermelhos mantêm o rumo e fazem a nação inteira tremer de alegria.

A Bélgica vai finalmente se jogar na semifinal contra a França e obter uma terceira posição simbólica nesta Copa do Mundo ao derrotar a Inglaterra mais uma vez na pequena final. Um resultado histórico até hoje.

READ  Estudantes brasileiros são finalistas em hackaton da NASA

You May Also Like

About the Author: Hannah Sims

"Guru profissional do café. Jogador típico. Defensor do álcool. Fanático por bacon. Organizador."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *