Israel ordena a evacuação dos residentes da maior cidade do sul da Faixa de Gaza

Israel ordena a evacuação dos residentes da maior cidade do sul da Faixa de Gaza

Israel ordenou na quarta-feira a evacuação de uma grande área na cidade de Khan Yunis, a maior do sul da Faixa de Gaza, onde muitos palestinos deslocados pelo conflito se refugiaram, segundo um relatório da ONU.


Os militares israelitas ordenaram a “evacuação imediata” de uma área “que cobre aproximadamente 20%” da cidade de Khan Yunis, indica este documento publicado pelo Escritório das Nações Unidas para a Coordenação de Assuntos Humanitários (OCHA).

O OCHA salienta que “a escala do deslocamento resultante da ordem de evacuação não é clara”.

Segundo a organização, a área era o lar de mais de 111 mil residentes antes do início do ataque israelense, há dois meses, e agora abriga cerca de 141 mil palestinos que se refugiaram em 32 campos fugindo dos combates.

O exército israelita indicou na segunda-feira que estava a intensificar as suas operações em Khan Yunis.

Desde o início do conflito, desencadeado por um ataque mortal sem precedentes do Hamas em território israelita em 7 de Outubro, os militares israelitas emitiram ordens de evacuação para civis antes de realizarem ataques em Gaza.

Isso foi postado em um mapa nas redes sociais, segundo o OCHA.

Mas os territórios palestinianos têm sofrido cortes de energia desde que Israel cortou o fornecimento de electricidade e combustível, complicando a utilização de dispositivos electrónicos.

Cerca de 20 mil pessoas, a maioria mulheres e crianças, morreram em Gaza desde o início do ataque do exército israelita, segundo o Hamas.

Este ataque surge em resposta ao ataque sem precedentes levado a cabo pelo Movimento Islâmico Palestiniano em 7 de Outubro, que deixou cerca de 1.140 pessoas mortas em território israelita. Cerca de 250 pessoas também foram feitas reféns, 129 das quais ainda estão detidas em Gaza, segundo Israel.

READ  COVID-19: Nova Zelândia eleva contenção nacional, exceto para Auckland

Perante a crescente pressão internacional a favor de uma trégua em Gaza, o secretário de Estado dos EUA, Anthony Blinken, cujo país é o principal aliado de Israel, disse na quarta-feira que o mundo também deve aumentar a sua pressão sobre o Hamas, e não apenas sobre Israel.

You May Also Like

About the Author: Alec Robertson

"Nerd de cerveja. Fanático por comida. Estudioso de álcool. Praticante de TV. Escritor. Encrenqueiro. Cai muito."

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *