Joe Biden desbloqueia o imposto Gafam

Joe Biden desbloqueia o imposto Gafam

Washington propõe a cobrança de um imposto internacional sobre os gigantes digitais, distribuindo as receitas fiscais sobre o volume de vendas realizado “país por país”.

EU ‘O governo Biden acaba de abrir duas grandes negociações dentro da Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico: um imposto sobre os gigantes digitais e um imposto corporativo mínimo. Dois arquivos que Trump estava bloqueando. Janet Yellen, a nova secretária do Tesouro, é posta sobre uma mesa G7 / G20 Propostas muito interessantes que se unem às propostas francesa e alemã.

Bruno Lemerre exultou durante uma conferência de imprensa esta tarde, quinta-feira, que uma “revolução fiscal se aproxima”, sublinhando que os seus serviços continuam a estudar as propostas americanas. O primeiro passo à frente: Washington se propõe a impor um imposto internacional aos gigantes digitais por meio da distribuição da receita do imposto sobre o volume de vendas realizado “país após país”. O imposto seria baseado no lucro líquido e não no volume de vendas, ao contrário da proposta franco-alemã. Isso significa que os americanos estão abordando país por país à medida que aprimoram o sistema. É um sistema mais justo, mas temos que garantir que nenhum gigante fiscal escape. “Nossos serviços estão estudando essa questão”, disse o ministro da Economia da França.

Concluído antes da partida de Angela Merkel

O governo Biden também adere à ideia europeia (apoiada pelos alemães em particular) de uma taxa mínima de imposto sobre as sociedades e propõe uma taxa de 21%, com a Europa a oferecer apenas 12,5%. Esta é uma ótima tarifa para lais […] consulte Mais informação

READ  Oxford / AstraZeneca Vaccine: The British regulator approves another coronavirus vaccine

You May Also Like

About the Author: Opal Turner

"Totalmente ninja de mídia social. Introvertido. Criador. Fã de TV. Empreendedor premiado. Nerd da web. Leitor certificado."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *