Lula fala sobre o “maior genocídio” da história do Brasil

De acordo com o ex-presidente brasileiro Lula, Jair Bolsonaro deveria “se desculpar” por ter lidado com a pandemia do COVID-19.

O ex-presidente brasileiro Lula acredita que o atual chefe de estado, Jair Bolsonaro, deveria “se desculpar” se ele “tem um pouco de grandeza” pela gestão da epidemia de Covid-19, o “maior genocídio” da história do Brasil, em um entrevista publicada sexta-feira.

“Na terça-feira, 3.158 pessoas morreram de Covid no Brasil, o maior genocídio da nossa história. Nossa atenção não deve estar voltada para as eleições do ano que vem, mas sim no combate ao vírus e na vacinação da população. Precisamos salvar o Brasil. Da Covid-19, “de acordo com estimativas do semanário alemão Der Spiegel Luiz Inácio Lula da Silva, se qualifica mais uma vez para enfrentar o Sr. Bolsonaro na eleição presidencial de 2022.

O Brasil registrou pela primeira vez mais de 100.000 novos casos de Covid-19 em 24 horas, enquanto a epidemia já causou mais de 300.000 mortes lá.

O Brasil é o país com maior número de mortes e infecções pelo Coronavírus depois dos Estados Unidos.

Lula disse: “O presidente não pode saber tudo. Mas (o Sr. Bolsonaro) deve ter a humildade de consultar pessoas que sabem mais do que ele.”

Aqueles que usaram as máscaras foram chamados de “queerites”

E o atual presidente, disse ele, “deve se reunir com cientistas, médicos, governadores e ministros da saúde para traçar um plano para derrotar Covid”. Bolsonaro, mesmo usando uma máscara agora, “não está levando Covid a sério”, acusa o ex-líder.

Lula apresentou uma dura acusação contra o atual presidente: “Ele não acredita em vacinação. Gastou uma fortuna com um remédio chamado hidroxicloroquina, mesmo que se revelou inútil”.

READ  "Vamos chegar à conclusão neste fim de semana."

“Aqueles que usavam as máscaras eram chamados de ‘os Queers’. Durante um ano ele não levou esse vírus a sério e nos contou mentiras. Durante um ano ele provocou todos que não concordavam com ele, é o que o ex-presidente disse.

Ele acusa: “Se ele tivesse um ossinho, teria pedido desculpas às famílias dos 300.000 mortos de Covid e dos milhões de feridos”.

“É nossa responsabilidade, dos brasileiros, prender esse homem e devolver a democracia ao país”, avisa o ex-presidente, que “na história não tivemos um presidente tão irresponsável”.

Qualquer reprodução é proibida

You May Also Like

About the Author: Echo Tenny

"Evangelista zumbi. Pensador. Criador ávido. Fanático pela internet premiado. Fanático incurável pela web."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *