Marie Monique Robin: “A biodiversidade é a nossa casa, se a destruirmos, não sobreviveremos.

Com seu novo filme, Factory of Epidemics, ela envia a jornalista e cineasta francesa Juliette Binoche para entrevistar cientistas que estão decifrando os mecanismos da origem de doenças emergentes.


Este artigo é reservado para assinantes

Vice-presidente de Serviços Corporativos

Tempo de leitura: 6 minutos

sO fio condutor do trabalho multipremiado de Marie Monique Robin é a saúde. Mas a saúde está em sua visão abrangente, onde uma pessoa não pode compreender a si mesma sem seu ambiente, suas práticas e sua criatividade que a conduz ao melhor e ao pior. O mundo segundo a MonsantoE A rodada que enfrenta seus juízesE nossa gordura diáriaAlguns episódios de seus muitos filmes denunciam a marca indelével do homem na natureza que o levou à sua perda. com seu filme fábrica epidêmica Inspirado no livro de mesmo nome, o cineasta aproveita a crise que paralisa o mundo há dois anos para ilustrar um fenômeno que cientistas voadores lutam há anos para provar: a destruição de ecossistemas naturais por humanos em risco. de doenças emergentes.


Este artigo é apenas para assinantes

Com esta oferta, aproveite:
  • Acesso ilimitado a todos os artigos, arquivos e relatórios da equipe editorial
  • O jornal na versão digital
  • Conveniência de leitura com anúncios limitados

READ  Les Talents Adami Théâtre 2021 de Pascal Rambert

You May Also Like

About the Author: Echo Tenny

"Evangelista zumbi. Pensador. Criador ávido. Fanático pela internet premiado. Fanático incurável pela web."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *