No Brasil, a vacinação anti-Covid-19 mostra seus efeitos: “Ainda não estamos em uma situação confortável, mas está melhorando”

Depois de uma segunda onda devastadora, o Brasil, que deplora mais de meio milhão de mortes por Covid-19, experimentou uma ligeira melhora na situação epidêmica por algumas semanas. Os especialistas atribuem isso à aceleração da vacinação. O número médio de mortes diárias no país de 212 milhões de pessoas subiu para 1.252 na semana passada, ante quase 3.000 no início de abril, no auge da segunda onda. O número médio de infecções diárias é inferior a 43.000, após ter ultrapassado 77.000 contaminações no final de junho.

“Ainda não estamos em uma situação confortável. Temos um número muito alto de casos novos e óbitos”, disse à AFP a epidemiologista Ethel Maciel, da Universidade Federal do Espírito Santo (UFES). “Mas nas faixas etárias que estão totalmente vacinadas, já estamos observando uma melhora significativa nos indicadores de hospitalização e mortalidade”, afirma.

READ  Covid-19: desinformação na Costa do Marfim, escassez de vacinas no Paquistão e festas no Brasil

You May Also Like

About the Author: Hannah Sims

"Guru profissional do café. Jogador típico. Defensor do álcool. Fanático por bacon. Organizador."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *