No Brasil, chamas devastam a maior zona húmida do mundo

No Brasil, chamas devastam a maior zona húmida do mundo

Nós estávamos errados.

Quando criamos Repórter Em 2013, pensávamos que a questão ecológica carecia de cobertura mediática.

Dizíamos a nós mesmos que bastaria que a população e os decisores políticos se informassem, que os jornais e a televisão abordassem o assunto, para que as coisas avançassem.

Sabemos hoje que estávamos errados.

Em França e em todo o mundo, a esmagadora maioria dos meios de comunicação social está agora nas mãos dos ultra-ricos.

Os relatórios de IPCC são comentados entre dois anúncios de SUV.

Os céticos do clima estão no poder em muitas democracias.

Sabemos hoje que a emergência ecológica não precisa de imprensa : precisa de uma imprensa independente de qualquer pressão económica.

Na casa de Repórterhá 11 anos que escolhemos o acesso gratuito e o jornalismo sem publicidade.

Nossa estrutura sem fins lucrativos, sem acionistas ou proprietários bilionários, nos permite investigar livremente. Ninguém edita o que postamos.

Mas esse trabalho tem um custo.

O dos salários dos nossos 26 jornalistas e funcionários.

A dos relatórios realizados no terreno, o mais próximo possível das lutas.

Aquela das centenas de milhares de newsletters enviadas todas as semanas para o informar.

Em 2023, 39.257 doadores apoiados Repórter : essas doações representam 98% da nossa renda.

Dos mais modestos aos mais importantes, são os garantes de um trabalho jornalístico sério e independente, capaz de fazer avançar a causa ecológica.

Seja qual for o seu meio, nós trabalhamos para você.

Juntos podemos agir.

Se puder, opte pelo apoio mensal, a partir de apenas 1€. Demora menos de dois minutos e todos os meses você terá um forte impacto em favor do jornalismo independente dedicado à ecologia. OBRIGADO.

Repórter de suporte

READ  Egito / Argentina, Brasil / Costa do Marfim, França / choques Af-Sud

You May Also Like

About the Author: Hannah Sims

"Guru profissional do café. Jogador típico. Defensor do álcool. Fanático por bacon. Organizador."

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *