No Brasil, hit musical incentiva pessoas a se vacinarem

VISTO DE OUTRO LUGAR – Com a musica dele Boom Boom Tam Tam, o cantor funk MC Fioti se torna um fenômeno sociológico e cultural diante do negacionismo de Bolsonaro. Aqui está sua história.

O panorama dificilmente poderia ser mais sombrio, pois foi descoberta essa feliz coincidência que transformou um remix do funk em uma campanha pela vacina contra o coronavírus no Brasil. Mortes por asfixia em hospitais, doses de vacinas prometidas sem nunca chegar, redes infestadas de notícias falsas e um homem do posto de comando, o presidente Jair Bolsonaro, ainda tão negador como nas primeiras horas, que não usa máscara e declarou publicamente que ele não seria vacinado. Tal foi a situação da pandemia quando o Brasil, apaixonado pela inovação e defensor da ciência e da arte diante do obscurantismo e da ignorância, fez um esplêndido gol com o Boom Boom Tam Tam(“Bumbum”, em português, significa “nádegas”). Provavelmente poucos são os brasileiros que ainda não ouviram essa composição cativante que incentiva a vacinação. Sua transformação em hino não oficial segue um caminho tão tortuoso que merece ser contado

Este artigo é apenas para assinantes. Você tem 77% restantes para descobrir.

Assinar: 1 € no primeiro mês

Pode ser cancelado a qualquer momento

Já inscrevi? Conecte-se

READ  Ajuda de emergência bloqueada? Veja como disputar

You May Also Like

About the Author: Hannah Sims

"Guru profissional do café. Jogador típico. Defensor do álcool. Fanático por bacon. Organizador."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *