O ex-Manchester United e astro do Brasil Anderson “enfrenta várias acusações por suposto papel em extorsão de criptomoedas”

Atualmente trabalhando como vice-gerente da equipe turca da Super Lig, Adana Demirspor, o jogador de 33 anos está sob investigação por seu suposto envolvimento em um esquema ilícito no ano passado, informou a mídia brasileira Globo.

Um total de oito pessoas foram agredidas com as mesmas acusações, depois que as autoridades de sua cidade natal, Porto Alegre, no sul do Brasil, investigaram.

Especificamente, o grupo é acusado de redirecionar fundos e, em seguida, usar operações criptográficas como meio de cobrir o rastro de dinheiro.

O Ministério Público do Estado do Rio Grande do Sul apelidou a investigação de “Cryptoshow” e, em 2020, o apartamento de Anderson em Porto Alegre teria sido invadido pelas autoridades enquanto seu computador era apreendido.

Anderson mais tarde confirmou que estava trabalhando como comerciante de criptografia, mas negou qualquer envolvimento em qualquer atividade ilegal.

Alega-se que em abril passado um total de 30 milhões de reais (US $ 5,5 milhões) foi roubado de uma grande empresa industrial nacional.

O dinheiro, segundo promotores, foi depositado em 11 contas bancárias em quatro estados do maior país da América do Sul e depois lavado por meio da compra de criptomoeda no exterior e no Brasil.

Questionado pelo gigante da mídia local Globoesporte, o advogado do quádruplo vencedor da Premier League Julio Cezar Coitinho Junior disse: “Não fomos convocados, está difícil falar no momento. “

“Há uma investigação em andamento, Anderson disse que estava ciente. Mas Anderson vai provar que foi uma vítima, não um cúmplice. Esta é a posição dele. “

Até o momento, o atual clube Anderson, onde encerrou a carreira no ano passado antes de entrar no banco de reservas, não comentou suas questões jurídicas.

READ  Brasil aumenta suas reservas de ouro

You May Also Like

About the Author: Hannah Sims

"Guru profissional do café. Jogador típico. Defensor do álcool. Fanático por bacon. Organizador."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *