O Independiente detido seis horas em um aeroporto no Brasil / Argentina / Independiente / SOFOOT.com

O terminal Versão brasileira.

Enquanto o CA Independiente viajava ao Brasil para enfrentar o Bahia na Copa Sul-Americana (a Liga Europa Sul-Americana), na terça-feira, a seleção argentina ficou presa por cerca de seis horas no aeroporto de Salvador. Em questão, testes positivos para Covid-19 em vários jogadores e membros da equipe, incitando as autoridades locais a recusar o acesso ao território brasileiro. Situação horrível para Silvio Romero e seus companheiros, assim como para o secretário-geral do clube, Héctor Maldonado.

“Todo mundo foi testado no sábado, os documentos já foram enviados para que possamos viajar e jogar este encontro, disse um Maldonado indignado. Estamos em contato permanente com a CONMEBOL e tomamos todas as providências necessárias, mas estamos proibidos de entrar no Brasil. ”

Os jogadores tiveram que esperar longas horas, deitados no chão, sem água ou comida, antes que parte da equipe pudesse retornar ao hotel. Quanto à partida, se um adiamento fosse considerado, Maldonado disse à TyC Sports que ela deveria ser disputada na terça à noite.

Excelente tática dos brasileiros para enfraquecer seus adversários.
FG

READ  Léo Pereira perde o Flamengo contra o Fluminense

You May Also Like

About the Author: Hannah Sims

"Guru profissional do café. Jogador típico. Defensor do álcool. Fanático por bacon. Organizador."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *