O PLANO de volta ao brasil

Os jogadores brasileiros decidiram reformar seu pequeno grupo, que fazia muito sucesso no passado. Para isso todos se sincronizaram para deixar seus respectivos clubes e retomar uma aventura sozinhos, sem o apoio de nenhuma estrutura no momento.

É alto para eles

Suspeitamos que um anúncio desse tipo estava circulando quando, nas últimas horas, uma série de nomes no Brasil começaram a se declarar livres. Esta manhã falávamos a vocês sobre dois jogadores que ainda estavam vinculados à estrutura do Made in Brazil e que acabavam de se libertar dela. As personalidades em questão estavam obviamente impacientes para esperar mais e fazer o suspense durar mais, por isso foi à noite que Vito “kNgV-” Giuseppe formalizou o regresso da equipa O PLANO.

Aqueles que fizeram o apogeu do mibr no final de 2020 estão, portanto, de volta, com a gratificação de mais um membro entre eles Henrique “⁠HEN1⁠” Teles. Este último também não é qualquer um, visto que até recentemente vestia as cores do FURIA Esports, clube que representou activamente durante um ano e meio. Para que todos estivessem em sincronia e consequentemente conseguissem tentar a sorte no primeiro torneio RMR na América do Norte, todo o grupo teve que negociar um término amigável do contrato com quatro estruturas diferentes. Assim, o MIBR, FURIA, Sharks e DETONA concordaram em deixar seus membros irem sem remuneração em troca de uma pausa sem remuneração.

A criação desta nova equipe sem patrocinador nos prova mais uma vez, é que mesmo no Brasil onde o Counter-Strike vive uma atividade extremamente intensa, os clubes e os patrocinadores não estão mais lá para dar suporte financeiro. A equipe, portanto, tentará agora se classificar por conta própria no cs_summit 8. Curiosidade, o grupo de seis teve que fazer uma escolha para registrar seus membros para a qualificação para o RMR americano (Regional Major Ranking). Na verdade, originalmente pensaram em prescindir do Vinicius “vsm” Moreira, já que este foi banido pela Valve, mas com a aplicação das novas regras ele agora pode ser usado novamente. É assim na sequência de uma votação que o pobre Alencar “trk” Rossato foi designado como aquele que não jogará, esta disposição tende a evoluir mas esqueçamos que cada modificação implica uma penalização de 20% sobre os pontos adquiridos, pois muito a dizer que deve acalmar o entusiasmo de toda a equipe.

READ  Copa América: 41 casos de Covid detectados em delegações no Brasil

Composição O PLANO

You May Also Like

About the Author: Hannah Sims

"Guru profissional do café. Jogador típico. Defensor do álcool. Fanático por bacon. Organizador."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *