O protesto de Vera contra Font

O equatoriano Marlon Vera derrotou o americano Rob Font por decisão unânime no sábado à noite na luta principal do UFC Fight Night em Las Vegas. Mais do que uma vitória lógica, dado o seu domínio.

Não foi até que os juízes decidiram que o resultado seria oficialmente conhecido, mas não havia dúvida de quem seria o vencedor. O equatoriano Marlon Vera, 29, fez a luta principal do UFC Fight Night em Las Vegas, uma estreia para ele, ao dominar sem tremer o americano Rob Font, 34, por decisão unânime, de sábado a domingo.

>> UFC e o melhor do MMA, um acompanhamento exclusivo da RMC Sport

Vera se mudou após vencer

Se não houvesse knockdown, Shito derrubou seu oponente com força. Um sucesso importante para ele na disputa pelo cinturão dos pesados. Ele insistiu superior desde o primeiro round, no segundo e Font se viu em grande dificuldade no chão, com o rosto sangrando. Seu orgulho permitiu que ele levantasse a cabeça e segurasse Vera um pouco mais no terceiro round, sem preocupá-la. O furacão sul-americano aumentou sua pressão nos últimos minutos para garantir a vitória.

“Eu me sinto bem, minha mente estava alinhada com meu corpo. A estrada foi difícil para mim. Mas quando você está bem preparado, você tem uma boa chance de sobreviver. É um trabalho árduo. Estou vivendo um sonho. Eu quero seja campeão e leve o cinturão de volta ao Equador”, comentou após o Fighting, muito emocionado. Em uma série de três sucessos, Vera não perde desde dezembro de 2020. Na época, ele se rendeu à lenda brasileira José Aldo por decisão unânime.

READ  Yuka venceu Tambwe Djeko ao se entregar e ganhar seu primeiro cinturão

You May Also Like

About the Author: Winona Wheatly

"Analista. Criador. Fanático por zumbis. Viciado em viagens ávido. Especialista em cultura pop. Fã de álcool."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *