Olimpíadas de Paris 2024: o Brasil, duas vezes medalhista de ouro, não participará das próximas Olimpíadas

Olimpíadas de Paris 2024: o Brasil, duas vezes medalhista de ouro, não participará das próximas Olimpíadas

Vencedora dos Jogos Olímpicos de 2016 no Brasil e depois dos Jogos Olímpicos de 2020 no Japão, a seleção brasileira bicampeã de ouro perdeu ontem à noite para a Argentina (0-1). Ela não pode mais se qualificar.

Um fracasso miserável para os brasileiros, que ontem disputaram contra a Argentina a última chance de classificação para as Olimpíadas de Paris-2024. Uma última partida com ingresso olímpico em jogo entre os dois gigantes sul-americanos que terminou com vitória da Argentina.

O Paraguai, que estava invicto há três partidas e venceu o Brasil no primeiro dia, ocupa a primeira colocação após a vitória no final da noite sobre a Venezuela (2 a 0).

O Paraguai conquistou a medalha de prata, logo atrás da Argentina, nas Olimpíadas de 2004, em Atenas.

Futebol terá novo campeão olímpico em Paris

Cinco anos depois do primeiro título brasileiro em casa contra a Alemanha, o Brasil repetiu o domínio olímpico nas Olimpíadas de Tóquio 2020 (a pandemia global obrigou a realização dos Jogos no ano seguinte), graças à vitória sobre a Espanha (2-1).

O Brasil, duas vezes medalhista de ouro, foi claramente considerado o maior favorito em seu grupo de qualificação composto por seu rival de longa data, Argentina, depois Paraguai e Venezuela.

A seleção brasileira passou de 1 a 0 e se classificou para as Olimpíadas de Paris-2024.

?: Joelson Marcon/Confederação Brasileira pic.twitter.com/3oS80TIP2X

— Confederação Brasileira de Futebol (@CBF_Futebol) 11 de fevereiro de 2024

A entrada da Seleção na competição contra o Paraguai terminou com uma derrota (0-1), incluindo um pênalti falhado pelo jovem brasileiro Indrik, recentemente contratado pelo Real Madrid.

Apesar do sucesso alcançado contra a Venezuela, o Brasil finalmente perdeu ontem à noite para a Argentina, frustrando suas últimas esperanças de classificação.

READ  Thiago Silva acusa Paris Saint-Germain

Pela primeira vez desde 2012, uma medalha de ouro do futebol olímpico não fará parte da vitrine de troféus do Brasil.

You May Also Like

About the Author: Winona Wheatly

"Analista. Criador. Fanático por zumbis. Viciado em viagens ávido. Especialista em cultura pop. Fã de álcool."

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *