Os Blues dominam o Brasil antes da partida para a Euro

Os Blues dominam o Brasil antes da partida para a Euro

HANDEBOL

Os Blues venceram o anedótico Torneio Francês após uma vitória final contra o Brasil no sábado, em Nantes, e serão capazes de enfrentar o Euro alemão com o indicador de confiança no máximo

O Handebolistas franceses concluíram a preparação para o Euro 2024 com uma vitória sobre o Brasil (37-28), sábado, no salão XXL de Nantes, quatro dias antes do início do torneio na Alemanha. Depois de dominar Tunísia Quinta-feira (35 a 26), os Blues, vice-campeões mundiais, jogaram desta vez no segundo período (14 a 14 no intervalo) contra o adversário auriverde, de maior calibre. Esta décima primeira vitória em igual número de jogos frente à Selecção confirma a boa forma dos homens de Guillaume Gille, antes do jogo de abertura do Euro frente à Macedónia do Norte, quarta-feira em Düsseldorf (18h00), onde são esperados cerca de cinquenta mil espectadores.

Na ausência do titular habitual nas gaiolas azuis, Vicente Gerard, afastado do torneio devido a lesão, o goleiro do Montpellier, Rémi Desbonnet, foi novamente escalado desde o início, como contra a Tunísia, sugerindo um papel de número 1 na Alemanha. Ao contrário de quinta-feira, foi o antigo guarda-redes do Dunquerque, Samir Bellahcene, quem o sucedeu – e não Charles Bolzinger. O atual curinga de Vincent Gérard em Kiel, na Alemanha, aproveitou apenas sua quarta seleção para marcar seu primeiro gol pela seleção francesa ao marcar na jaula vazia (28-21).

A Europa recusou os Blues durante dez anos

Todos os três estão na escalação final do torneio. Ao contrário de Nantais Aymeric Minne e Thibaud Briet que não foram escolhidos pelo treinador Guillaume Gille. Mas serão dezenove jogadores no grupo porque Benoît Kounkoud foi convocado “devido aos sintomas de dores lombares de Yanis Lenne” na ala direita, explica o técnico dos Blues que terá que verificar dezesseis nomes entre eles para cada partida.

READ  Nigéria proíbe viajantes da Índia, Brasil e Turquia

Na Euro, depois da Macedônia do Norte, cujo técnico não é outro senão a lenda Kiril Lazarov, os franceses enfrentarão a Suíça e depois a anfitriã Alemanha. Eles deveriam então cruzar, salvo um péssimo desempenho, o caminho para Espanha e Croácia durante a segunda fase de grupos, chamada rodada principal. Mesmo que os Blues já estejam qualificados para os Jogos Olímpicos de Paris 2024 em pouco mais de seis meses, um fracasso seria ruim para os detentores do título olímpico que não ganham um Euro há dez anos.




You May Also Like

About the Author: Hannah Sims

"Guru profissional do café. Jogador típico. Defensor do álcool. Fanático por bacon. Organizador."

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *