Os insetos são atraídos pela luz? Nova pesquisa mostra que isso é confusão, não atração fatal

Os insetos são atraídos pela luz?  Nova pesquisa mostra que isso é confusão, não atração fatal

WASHINGTON (AP) – Como uma mariposa diante da chama, muitos cientistas e poetas há muito presumiram que os insetos voadores são simplesmente atraídos por luzes brilhantes.

Mas não é exatamente isso que acontece, sugere um novo estudo.

Em vez de serem atraídos pela luz, os pesquisadores acreditam que as luzes artificiais à noite podem confundir os sistemas de navegação inatos dos insetos voadores, fazendo-os vibrar confusos em torno das luzes das varandas, das ruas e de outros faróis artificiais.

“Os insectos têm um problema de navegação”, disse Tyson Hedrick, biólogo da Universidade da Carolina do Norte em Chapel Hill, que não esteve envolvido na investigação. “Eles costumavam usar a luz como uma dica para saber que caminho subir.”

Sam Fabian, entomologista do Imperial College London e coautor do estudo, disse que os insetos não voam diretamente em direção à fonte de luz, mas na verdade “inclinam as costas em direção à luz”. Estudo publicado terça-feira Na revista Nature Communications.

Isto faria sentido se a fonte de luz mais forte estivesse localizada no céu. Mas na presença de luzes artificiais, o resultado é desorientação atmosférica, não atração.

Para o estudo, os pesquisadores anexaram pequenos sensores a mariposas e libélulas no laboratório para filmar vídeos de voo de “captura de movimento” – semelhante à maneira como os cineastas anexam sensores aos atores para rastrear seus movimentos.

Eles também usaram câmeras de alta resolução para fotografar insetos pairando em torno de luzes em um campo na Costa Rica.

Isso lhes permitiu estudar em detalhes como as libélulas circulam indefinidamente as fontes de luz, posicionando-se de frente para os raios. Eles também documentaram que alguns insetos ficam de cabeça para baixo – muitas vezes caindo no chão – na presença de luzes brilhando diretamente para cima, como holofotes.

READ  Uma poderosa tempestade solar se aproximando da Terra, pode afetar os sinais de telefone celular e GPS

Os pesquisadores descobriram que o voo dos insetos era menos perturbado por luzes brilhantes que brilhavam para baixo.

“Durante milhões de anos, os insectos orientaram-se sentindo que o céu estava claro e o chão estava escuro” – até que as pessoas inventaram as luzes artificiais, disse Avalon Owens, entomologista da Universidade de Harvard que não esteve envolvido na investigação.

___

O Departamento de Saúde e Ciência da Associated Press recebe apoio do Grupo de Mídia de Ciência e Educação do Howard Hughes Medical Institute. A AP é a única responsável por todo o conteúdo.

You May Also Like

About the Author: Opal Turner

"Totalmente ninja de mídia social. Introvertido. Criador. Fã de TV. Empreendedor premiado. Nerd da web. Leitor certificado."

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *