“Os povos indígenas têm sido sistematicamente saqueados e estuprados de todas as formas.”

“Os povos indígenas têm sido sistematicamente saqueados e estuprados de todas as formas.”

Todas as artes

“A Flor do Buriti” chega aos cinemas quinta-feira. O filme, escrito por René Misora ​​​​e João Salaviza, mostra a realidade da comunidade Karahu no Brasil.

“A Flor do Buriti” foi filmado em terra indígena em Kraholândia, onde os cineastas filmaram “Chuva é Cantoria na Aldeia dos Mortos” em 2019.

Em “Todas As Artes”, o realizador disse que “o filme é apenas a face visível de uma relação antiga” que os liga a esta comunidade. Ele adicionou: “Se parássemos de fazer filmes hoje, continuaríamos a manter nossos laços com a comunidade, a conviver com a família que convivemos.”

O filme estreou no Festival de Cinema de Cannes, onde ganhou o prêmio de Melhor Elenco em maio. Vindo da Itália, ganhou o prêmio de Melhor Longa-Metragem na 64ª Competição Internacional Festival dei Boboli. Os cineastas acreditam que têm um papel essencial a desempenhar para mostrar ao resto do mundo que “os povos indígenas têm sido sistematicamente pilhados e violados de todas as formas”.

René Misora ​​​​e João Salaviza foram os convidados esta semana de “Todas As Artes”, o programa cultural da SIC implementado em parceria com a Associação de Autores Portugueses. É transmitido às quartas-feiras, às 14h.

21/03/2024 14:00:00
1711021884
#Povosindígenas têm sido #sistematicamente #saqueados #estuprados #de todas as #formas

READ  Uma mulher caminhando perto da Gruta da Natividade descobre um cachorro dormindo lá

You May Also Like

About the Author: Echo Tenny

"Evangelista zumbi. Pensador. Criador ávido. Fanático pela internet premiado. Fanático incurável pela web."

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *