Paris Saint-Germain: Messi está pronto para enfrentar o Brasil Neymar

Paris Saint-Germain: Messi está pronto para enfrentar o Brasil Neymar

As imagens espalharam-se pelo mundo e agravaram o medo, principalmente para os adeptos do PSG que já se viam isolados dele menos de um mês após a sua chegada. Mas no final, parece que nada aconteceu. Vítima de infração fatal infligida por Adrian Martinez durante as eliminatórias para a Copa do Mundo de 2022 contra a Venezuela, Leo Messi treinou normalmente no sábado e deve, muito provavelmente, ocupar a vaga neste domingo no grande confronto deste período internacional contra o Brasil, em um remake. Da última final da Copa América.

“Leo está tendo um bom desempenho, afirmou o técnico da Argentina Lionel Scaloni em uma entrevista coletiva. Eu estava com medo, mas felizmente ele está bem. Vamos confirmar isso a 100% esta tarde, quando fizermos algum trabalho em campo.” De volta com um pequeno curativo sob o joelho esquerdo, onde se machucou, Leo Messi treinou normalmente e deve, exceto no último minuto, manter a vaga de titular no domingo (21h no horário francês).

A partida será o primeiro confronto entre Neymar e Messi desde que este último assinou no Paris Saint-Germain. Mas isso tem um significado esportivo especial para a Albiceleste: o segundo lugar no grupo de qualificação para a Copa do Mundo de 2022 na CONMEBOL, Argentina pulga O Brasil de Ney soma seis pontos, o que até o momento está impecável (7 partidas, 7 vitórias).

Três pontos à frente da Argentina, o Equador enfrenta o Chile na noite de domingo às 23h. Entre a Seleção, que pode ampliar a liderança na classificação, e a Albiceleste, que estará ansiosa para repetir a façanha do verão e alcançar seu grande rival, a batalha promete ser acirrada. Antes de voltar à atualidade, para os cinco parisienses que participaram deste encontro: após a última partida da seleção em 10 de setembro, contra a Bolívia pela Argentina por Di Maria, Paredes e Messi e contra o Peru pelo Brasil por Marquinhos e Neymar, os parisienses retornarão. À França, onde a Ligue 1 os espera, com o Clermont a receber no dia 11 de setembro e o Lyon no dia 19.

READ  Covid-19: Dia D para reabrir os refeitórios

You May Also Like

About the Author: Opal Turner

"Totalmente ninja de mídia social. Introvertido. Criador. Fã de TV. Empreendedor premiado. Nerd da web. Leitor certificado."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *