Restrições de fronteira: Egito, Nigéria e Malawi adicionados à lista

Egito, Nigéria e Malawi serão adicionados à lista de países africanos atualmente alvo de novas restrições de fronteira colocadas em vigor por Ottawa desde a descoberta da variante Omicron do COVID-19.

• Leia também: Londres realiza reunião de ministros da saúde do G7 para tratar da variável Omicron

• Leia também: Omicron: viajantes de Ottawa passaram por Montreal

Uma fonte do governo confirmou esta informação à TVA Nouvelles na manhã de terça-feira. O ministro federal da Saúde, Jean-Yves Duclos, pode anunciar esses acréscimos em uma entrevista coletiva no final do dia.

  • Ouça a entrevista do porta-voz da OMS, Tarik Yasarevich, com Benoit Dutrizak na rádio QUB:

O Sr. Duclos e o Ministro dos Transportes Omar Alghabra anunciaram uma série de restrições dirigidas a seis países africanos na sexta-feira passada: África do Sul, Eswatini, Lesoto, Botswana, Zimbabwe, Moçambique e Namíbia.

Assim, os estrangeiros que passaram por um desses países nos 14 dias anteriores à sua chegada planejada ao Canadá terão a entrada proibida.

Canadenses e residentes permanentes terão que ser testados na mesma situação na chegada e colocados em quarentena até que aguardem seus resultados. Se for positivo, eles deverão permanecer isolados até o final do período de quarentena.

para ver também

READ  Europe welcomes Biden but will not wait for him

You May Also Like

About the Author: Alec Robertson

"Nerd de cerveja. Fanático por comida. Estudioso de álcool. Praticante de TV. Escritor. Encrenqueiro. Cai muito."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *