Rio registra recorde de calor com temperatura sentida de 58,5°C

Rio registra recorde de calor com temperatura sentida de 58,5°C

Embora o verão comece oficialmente em 22 de dezembro, o sol já está sufocando o Brasil. Um novo recorde de calor foi quebrado na terça-feira às Rio de Janeiro com temperatura de 58,5°C sentida na megacidade brasileira, anunciaram as autoridades.

Desde este fim de semana, grande parte do país vive uma onda de onda de calor extremo. O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) colocou 15 estados do Sudeste, Centro-Oeste e parte do Norte do país, além da capital, Brasília, em alerta máximo.

Apenas nove meses desde o recorde anterior

Na terça-feira, o sistema Alerta Rio registrou a “maior sensação térmica desde o início dos registros” em 2014, com 58,5°C. O recorde anterior de 58°C foi estabelecido em fevereiro. A temperatura nominal subiu para 39°C na terça-feira.

Com 37,3°C, Brasília, por sua vez, registrou a temperatura mais alta para o mês de novembro no mesmo dia desde o início dos registros, em 1962, segundo o Inmet. Maior metrópole da América Latina, São Paulo, por sua vez, registrou nesta segunda-feira o segundo dia mais quente de sua história, com 37,7°C, pouco abaixo dos 37,8°C registrados em outubro de 2014.

Consumo de eletricidade no seu nível mais alto

A onda de calor gerou também um recorde histórico no consumo de eletricidade, com um pico de mais de 100 mil megawatts registado esta semana, segundo o operador nacional do sistema elétrico.

A onda de calor, com temperaturas cerca de 5°C acima das normas sazonais, deverá continuar pelo menos até sexta-feira, estima o Inmet. Devido ao fenômeno climático El Niño, o Brasil vem enfrentando eventos climáticos extremos há vários meses, com por um lado uma seca histórica que afetou os rios da Amazônia, e por outro lado fortes chuvas acompanhadas de ciclones no sul. A seca agravou a escala dos incêndios no Pantanal, a maior área úmida do mundo, causados ​​principalmente pela ação humana.

READ  No Brasil, o governo promete 9 mil milhões de euros para reconstrução após inundações mortais




You May Also Like

About the Author: Hannah Sims

"Guru profissional do café. Jogador típico. Defensor do álcool. Fanático por bacon. Organizador."

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *