Sem Neymar, o Brasil patina

Depois de ser negado a Neymar, o Brasil teve que se contentar com o empate com o Equador (1-1) no último dia do Grupo B da Copa América.

Fim da série para o Brasil. Embora a Seleção tenha mantido 10 vitórias consecutivas, não poderia ter se saído melhor do que o empate de domingo contra o Equador (1 a 1) na última rodada do segundo set da Copa América.

Sem Neymar, descansando para o resto da competição, os brasileiros teriam aberto o placar graças a uma cabeçada vitoriosa de Militão, mas o Equador, que foi ainda mais ousado após o intervalo, empatou pouco antes da hora.e)

O Brasil já confirmou o primeiro lugar no grupo, se apresentou sem muitos executivos porque além do Neymar, Casemiro ou Thiago Silva foram preservados, mas a ausência do Neymar foi o máximo que senti.

Graças a este empate, seu terceiro empate em quatro jogos, o Equador provou sua vaga nas quartas-de-final. Porque na outra reunião do grupo, o Peru simplificou a vitória contra a Venezuela (1-0) graças a um gol de Carrillo, validando-o na segunda posição enquanto a Venezuela se manteve sólida.

Leia também:Cavani e Uruguai na festaVitória polêmica para o BrasilA volta do craque Neymar!

READ  Vinicius está ausente da lista das próximas Olimpíadas

You May Also Like

About the Author: Winona Wheatly

"Analista. Criador. Fanático por zumbis. Viciado em viagens ávido. Especialista em cultura pop. Fã de álcool."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *