“Talvez ele quisesse dançar”: Aymeric Laporte brincou sobre a atitude de Vinicius durante a partida entre Espanha e Brasil

“Talvez ele quisesse dançar”: Aymeric Laporte brincou sobre a atitude de Vinicius durante a partida entre Espanha e Brasil

Muito stress? Muita emoção? Vinicius Junior, extremo do Real Madrid e da Seleção Brasileira, atravessa um momento difícil.

Ele chorou na segunda-feira durante entrevista coletiva ao falar sobre o racismo que regularmente ataca. O jovem capitão da Seleção – que tem 23 anos e usa a braçadeira pela primeira vez na carreira – impressionou especialmente no empate (3-3). Brasil x Espanha na noite de terça-feira em… amistoso.

O madridista esteve em casa, no Santiago Bernabéu, mas não pôde deixar de se chocar com jogadores adversários, perder a paciência e insultar todos que pôde, primeiro no campo e depois na linha lateral ao sair do campo. Tanto que o zagueiro francês Aymeric Laporte, que partiu para a Arábia Saudita, escolheu a seleção espanhola.

Na verdade, Vinicius Junior acertou-o nas costas antes da cobrança de escanteio, obrigando Laporte a expulsá-lo com um movimento de braço. Mais tarde, o francês voltou ao local, nas redes sociais, escolhendo o tom da piada. “Talvez ele quisesse dançar”, escreveu Vinicius, emocionado e emocionado ao falar sobre o racismo que vivencia.

Em campo, o brasileiro (28 internacionalizações, 3 gols) parecia descontrolado. Ele continuou particularmente irritado mesmo depois de ser substituído aos 71 minutos por Douglas Luiz. No banco, continuou a protestar contra as decisões do árbitro, em particular a cotovelada anulada a Mark Cucurella (79') contra Endrik (foi advertido por reagir com um puxão).

A equipe de Madelena provocou então todo o banco espanhol ao mirar em Álvaro Morata, capitão do La Roja e atacante do Atlético de Madrid, maior rival do Real Madrid. Em seguida, os tripulantes brasileiros tentaram contê-lo, sem sucesso.

READ  Mundial de ginástica em Antuérpia: A seleção masculina belga, provisoriamente sexta nas eliminatórias, vai precisar de um milagre

You May Also Like

About the Author: Winona Wheatly

"Analista. Criador. Fanático por zumbis. Viciado em viagens ávido. Especialista em cultura pop. Fã de álcool."

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *